Quantcast
FinançasNacional

Como analisar a saúde financeira da sua empresa?

saúde financeira

De acordo com o Eurostat, 99,3% das empresas em território nacional são PME (pequenas e médias empresas) que, grosso modo, enfrentam constrangimentos de vária ordem que colocam em causa a sua saúde financeira.

Se a sua empresa faz parte desta imensa maioria e gostaria de fazer uma análise financeira para melhor articular estratégias que a levem a sobreviver num ano de inflação galopante, pegue no bloco e tome nota.

Como analisar a saúde financeira da sua empresa?

Antes de mais, é importante sublinhar que, para uma boa gestão, é necessário ter um conhecimento aprofundado sobre a área de atuação, o mercado em que se está inserido e também o desempenho económico. Este é o primeiro passo para pensar na saúde financeira da empresa, pois com estes dados será possível gizar um plano estratégico e tomar decisões mais eficientes.

Para se ser um bom gestor, é imprescindível que este seja capaz de identificar a situação financeira da empresa, uma vez que, dessa forma, ganha-se mais rapidez, simplicidade e autonomia na hora da tomada de decisão.

Mas como?

Através de ferramentas de análise financeira como uma nova ferramenta de análise financeira robotizada desenvolvida inteiramente em Portugal que produz de modo automático um relatório que inclui indicadores de gestão que poderão ajudá-lo a tomar decisões importantes com vista a melhorar a saúde financeira da sua empresa.

Para que obtenha este relatório, só precisa de seguir um procedimento muito simples, que apenas requer o upload do ficheiro SAF-T da contabilidade do último ano fiscal completo, que todas as empresas são obrigadas a ter.

Após fazer o upload do ficheiro, receberá por email um relatório com uma radiografia à sua empresa que lhe dará, de um modo simples e muito claro, indicações preciosas sobre a dependência de clientes ou de fornecedores, nível de liquidez, rentabilidade e ciclos de geração de fluxos de caixa.

De referir que a produção do relatório é totalmente confidencial e o ficheiro SAF-T não é guardado nos sistemas da empresa que desenvolveu esta ferramenta. Os dados financeiros da sua empresa serão apenas utilizados para efeitos da análise automatizada e produção do relatório. Os únicos dados recolhidos dos são os da sua identificação, em cumprimento integral do RGPD.

O que é o ficheiro SAF-T da contabilidade?

Em 2010, a Direção Geral de Contribuições e Impostos (DGCI) lançou um projeto de declaração eletrónica de faturas, documentos de transporte e movimentos contabilísticos, em formato XML, denominado SAF-T.

O ficheiro SAF-T de Contabilidade é um ficheiro com extensão XML produzido no formato Standard Audit File for Tax, que é o padrão internacional utilizado para o intercâmbio de informação contabilística e fiscal.

O ficheiro SAF-T da contabilidade destina-se a facilitar a declaração de Informação Comercial Simplificada e a Declaração Anual de Informação Contabilística e Fiscal por meio eletrónico e contém as seguintes informações:

  • Tabela de códigos de conta (GeneralLedgerAccounts);
  • Tabela de clientes (Customer);
  • Tabela de fornecedores (Supplier);
  • Tabela de impostos (TaxTable);
  • Movimentos contabilísticos (GeneralLedgerEntries);
  • Recebimento de documentos emitidos (Pagamentos), quando houver.

Subscreva para receber o mais recente conteúdo sobre finanças e campanhas especiais.

Posts relacionados
FinançasFinanças PessoaisNacional

PARI: o que é o Plano de Ação para o Risco de Incumprimento?

FinançasNacionalSeguros

Alarme para Casa: segurança e tranquilidade nas férias

FinançasFinanças PessoaisInvestimentosNacional

Depósito a prazo: como investir as suas poupanças?

FinançasSeguros

Quais as coberturas disponíveis do seguro de saúde para empresas?