Início » Entretenimento » OARQ parabeniza Francis Kéré por Pritzker 2022
Cultura Entretenimento

OARQ parabeniza Francis Kéré por Pritzker 2022

oarq

O arquiteto do Burkina Faso, Francis Kéré, recebeu o prémio Pritzker 2022, com a Ordem dos Arquitetos de Moçambique (OARQ) a considerar que “se fez justiça à arquitetura africana”.

Anselmo Cani, secretário-geral da OARQ, em conversa com a Lusa, “É com muito regozijo que recebemos a notícia de que Francis Kéré venceu o Pritzker, porque é uma justiça que se faz a ele, uma vez que já tinha sido nomeado no passado, e é também uma justiça que se faz à arquitetura africana”.

“Ele encontrou uma textura muito própria, que combina elementos de tecnologia moderna e de tecnologia ancestral africana”, sublinhou.

Já o diretor-adjunto da Faculdade de Arquitetura e Planeamento Físico da Universidade Eduardo Mondlane (UEM), Anselmo Cani, considerou que a entrega deste prémio vai aumentar a visibilidade do trabalho que se faz em África.

O docente na Faculdade de Arquitetura e Planeamento Físico da UEM, Luís Lage, afirmou à Lusa que “Há muita geografia nos trabalhos de Francis Kéré, porque desenvolve projetos com base em materiais locais e na atenção à sustentabilidade”.

Francis Kéré tornou-se, assim, o primeiro africano a conquistar o Pritzker.

Francis Kéré está a ser um pioneiro da arquitetura — sustentável para a terra e para os seus habitantes — em terrenos de extrema escassez. […] Através de edifícios que mostram a beleza, a modéstia, o arrojo e a invenção, e pela integridade da sua arquitetura e gesto, Kéré sustenta, com graciosidade, a missão deste prémio”, pode ler-se no comunicado do júri.

Subscreva para receber o mais recente conteúdo sobre cultura, entretenimento e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade