Início » Entretenimento » Pop-Up do Chefs on Fire vai dar sabor a Almada
Entretenimento Restauração

Pop-Up do Chefs on Fire vai dar sabor a Almada

pop-up

A versão pop-up do festival focado em comidas de fogo vai trazer alegria e boa comida a solo almadense, entre os dias 15 e 17 de julho.

Uma edição mais reservada, que serve de amostra do Chefs on Fire, agendado para 17 e 18 de setembro, no Fiartil do Estoril, vai chegar às ruas de Cacilhas, em Almada.

Com apenas dois concertos, bem como dois chefs por dia (e com preço reduzido), o pop-up do Chefs on Fire terá lugar no Jardim dos Rios, nos dias 15, 16 e 17 de julho.

Na verdade, o festival promete levar o conceito pop-up a mais localidades de Portugal, sendo Almada o primeiro território escolhido para acolher este evento.

Requisitos para esta edição reduzida do evento? É necessário decidir se prefere almoço ou jantar, sendo que o menu é idêntico em ambos os casos. Por sua vez, os concertos variam consoante a refeição e o dia.

É este o “plano das festas”:

15 de julho –  Refeições: Manuel Liebaut e Ronald Sim, do restaurante “FOGO”

                          Música: Budda Power Blues (almoço) e Filipe Karlsson (jantar).

16 de julho – Refeições: Marlene Vieira, do recém-aberto “Marlene”, e André Cruz, do “Feitoria”.

                         Música: Cassete Pirata (almoço) e Frankie Chavez (jantar).

17 de julho – Refeições: Shay Ola, do “Queimados”, e Anaís Almeida, do “Kitchenette”.

                         Música: Tiago Nacarato (almoço) e Benjamim (jantar).

Gonçalo Castel-Branco, fundador deste projeto e produtor executivo, diz, em comunicado, citado pela “Time Out”, que o “formato surgiu da vontade, por um lado, de deixar o Chefs on Fire seguir o seu caminho natural de crescimento sem que isso implicasse alterar a essência do festival numa lotação maior do que aquela que acreditamos ser em cheio no universo do nosso evento”.

Os bilhetes já se encontram à venda, com um preço fixo de 30€, o que inclui quatro doses de comida (um prato de carne, um de peixe, um vegetariano e uma sobremesa), bem como um concerto, sendo que é necessário escolher se prefere o horário de almoço (entre as 12h00 e as 17h00) ou de jantar (entre as 18h00 e as 23h00). De notar, também, que bebidas são compradas à parte.

A organização promete que, até setembro (altura em que se realiza o festival Chefs on Fire), haverá mais eventos em formato pop-up.

Subscreva para receber o mais recente conteúdo sobre cultura, entretenimento e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade