Início » Finanças » PayPal: Como funciona e quais os custos
Finanças Finanças Pessoais

PayPal: Como funciona e quais os custos

PayPal
Uma das plataformas pioneiras em transações digitais, veja aqui tudo sobre como funciona o PayPal e quais os custos que lhe estão associados.

No momento em que tanto se fala de pagamentos digitais, vamos em viagem até uma das plataformas pioneiras deste tipo de transações para lhe explicar tudo sobre como funciona o PayPal e quais os custos que lhe estão associados.

Como funciona o PayPal?

Tal como sucede em muitas outras plataformas, para que possa utilizar o PayPal terá que criar uma conta no respetivo site. Este registo é inteiramente gratuito e é bastante simples, então vejamos:

Depois de aceder ao site do PayPal, escolha a opção “Criar Conta” que se encontra no canto superior direito da página principal.

Aqui, ser-lhe-á dado a escolher entre a criação de uma conta pessoal ou profissional. Feita a escolha, insira todas as informações que lhe são pedidas (como o número da sua conta bancária, o endereço de email, entre outras).

Após a confirmação dos dados, irá receber um e-mail para confirmar o registo da conta. Para que essa confirmação aconteça, basta-lhe clicar no link disponibilizado.

Concluídos estes passos, a sua conta PayPal fica associada à sua conta bancária ou cartão de crédito, bem como ao email que indicou. Contrário daquilo que acontece quando abre uma conta num banco, não existe um número de conta PayPal pois será através do endereço de correio eletrónico que forneceu que a mesma será identificada no momento de realizar pagamentos.

Se não quiser associar a sua conta bancária ou cartão ao seu registo PayPal, pode criar um cartão virtual através do sistema MB Net. Para que isso aconteça, aceda ao seu perfil no PayPal, escolha a opção “meu dinheiro” e em “atualizar”, inserindo depois os dados do cartão.

Depois de concluído todo este processo, pode passar a fazer e a receber pagamentos e transferências bastando-lhe, para isso, iniciar sessão na plataforma.

No caso dos pagamentos, a plataforma PayPal encarrega-se do débito automático da quantia em questão na sua conta e do envio desse montante ao vendedor. No caso de um pagamento não ser reclamado, pode cancelar o mesmo ao aceder à sua conta através do site ou da aplicação PayPal.

Para efetuar transferências através do PayPal, terá que entrar na sua conta pessoal e escolher a opção “enviar pagamentos”. Nessa secção, terá de inserir o email do destinatário, o valor que deseja enviar e a forma como vai pagar.

Já no caso de pagamentos presenciais, terá que descarregar a app PayPal para o seu smartphone e, posteriormente, ler o código QR disponibilizado no momento da compra.

Se a ideia é receber pagamentos com o PayPal, terá que aceder à sua conta pessoal, escolher a opção “solicitar pagamentos” e insira o email ou o número de telemóvel do pagador e o valor a ser cobrado.

Quando a transação for concluída, irá receber a confirmação por e-mail e o dinheiro será enviado para a sua conta PayPal a partir da qual poderá movimentar o montante como bem quiser (comporás, transferências para a conta bancária pessoal, etc).

Quais são os custos?

O registo e criação de conta no Paypal, bem como a sua utilização para o pagamento de bens e serviços é inteiramente gratuito. A aplicação de taxas de utilização apenas se verifica quando faz vendas através da plataforma

Nestes caso, as taxas aplicadas podem variar entre os 0,90% e os 2,90% mais um acréscimo de uma comissão fixa, dependendo da moeda utilizada (para o Euro é de 0,05€).

Quando o assunto é enviar ou receber dinheiro, o utilizador apenas terá custos se a transação se realizar com alguém que viva fora de Portugal. Nesta situação, poderá ter de pagar uma tarifa extra que vai desde os 1,99€ até aos 3,99€, dependendo do país do destinatário.

Vantagens do PayPal?

Para além de lhe permitir efetuar e receber pagamentos a partir do seu computador ou smartphone, o serviço PayPal destaca-se ainda pela segurança que aporta às transações, uma vez que os dados do cartão, seja o número do mesmo ou o código de acesso, não são requeridos no momento de realizar uma compra através deste meio.

A somar a tudo isto, com a massificação dos pagamentos online, muitas lojas físicas e online já aceitam pagamentos através do PayPal o que permite ao utilizador fazer transferências mais rápidas e práticas.

Publicidade

Publicidade