Início » Formação » Insucesso escolar: o que o causa e como combater?
Carreira Formação

Insucesso escolar: o que o causa e como combater?

insucesso escolar

 As repercussões da pandemia na educação vieram aumentar a discussão à volta do ensino. Sabe-se que a educação é um instrumento essencial para o desenvolvimento e, por isso, é fundamental reconhecer as causas que promovem o insucesso escolar e pensar em formas de o reverter.

Mas afinal quando é que podemos falar em insucesso escolar?

O termo insucesso escolar aplica-se quando um aluno não cumpre os objetivos académicos para a idade e ano de escolaridade e consequentemente reprova de ano ou abandona a escola.

A culpa é do aluno?

O insucesso escolar é o resultado da convergência de vários elementos que englobam o aluno, o ambiente familiar, a escola e os professores. A culpa não recai apenas sobre a falta de aptidões neuropsicológicas ou cognitivas da criança, apesar destas terem um peso considerável na aprendizagem. 

Como pudemos observar durante o fecho das escolas provocado pela pandemia, as condições familiares e o apoio dado em casa influenciam o sucesso escolar. Ainda que a culpa não seja só dos pais/encarregados de educação, é evidente que a desvalorização do estudo e a ausência de apoio nos trabalhos de casa contribuem para a depreciação do ensino.

Na balança que regula o sucesso ou insucesso escolar pesa ainda o contributo do ambiente escolar e dos próprios professores. O baixo rendimento dos alunos pode, por exemplo, estar relacionado com os métodos de ensino ou de avaliação. O desgaste das instalações e do material escolar também contribuiu para o desinteresse dos alunos.

Como é que podemos promover o sucesso escolar?

Se está preocupado com o sucesso escolar do seu filho preparamos algumas dicas para o ajudar a partir de casa.

  • Crie um espaço para o estudo

Comece por criar um espaço dedicado ao estudo. Ajude a criança a organizar a secretária e a escolher algumas peças que tornem o ambiente mais acolhedor e que façam do estudo uma atividade mais convidativa. 

  • Converse

Fale com a criança sobre a escola. É importante perceber qual é a relação com a escola e compreender qual é a origem da falta de interesse ou se existe algum fator que está a dificultar a aprendizagem. Tente compreender como é que a criança se vê na escola e quais é que são os seus medos e expectativas.

  • Crie uma rotina

Explique que se houver organização pode haver tempo para brincar e para fazer os trabalhos de casa. Invista numa rotina e aproveite para fazer parte das horas de estudo. Tente mostrar que o conhecimento pode ser empolgante e divertido. Esteja atento às datas das avaliações e ajude-o a preparar-se antecipadamente para evitar sentimentos de ansiedade e insegurança.

  • Acompanhe o estudo ao longo do ano

É importante garantir o acompanhamento ao longo do ano, mesmo durante as interrupções letivas. Procure compreender quais são as principais dificuldades e ajude-o a experimentar diferentes métodos de estudo.  

Faça parte do percurso escolar do seu filho. Ainda que um bom aproveitamento escolar não dite um futuro de sucesso, uma boa escolaridade será sempre uma vantagem. 

Publicidade

Sobre o autor

Formação

Adicionar Comentário

Clique aqui para enviar um comentário

Publicidade