Início » Formação » Segurança online: Autenticação de dois fatores
Carreira Cursos Formação Notícias

Segurança online: Autenticação de dois fatores

Autenticação de dois fatores

Costuma utilizar várias plataformas online e não sabe como reforçar a segurança das suas contas? Venha descobrir as vantagens de utilizar a autenticação de dois fatores no seu dia-a-dia.

Hoje em dia usam-se vários tipos de plataformas online para fazer a gestão da vida profissional e pessoal. A nível pessoal utilizamos aplicações não só para ter acesso à nossa conta de email ou às nossas redes sociais como também para entrar na nossa conta no banco, finanças ou segurança social. Ao comprometermos a segurança das nossas contas colocamos em risco os dados que armazenamos em qualquer uma das plataformas.

Dependendo do tipo de contas que são atingidas, os riscos podem ser mais ou menos elevados. No que diz respeito aos ciber-ataques, a melhor estratégia é mesmo a prevenção. Uma das formas de ter contas mais seguras é fazer uso da autenticação de dois fatores.

O que é a autenticação de dois fatores?

A autenticação de dois fatores, também conhecida pela sigla 2FA (two-factor authentication) é um recurso fornecido por alguns serviços online que permite verificar a identidade do utilizador.

Ao escolher esta opção, irá precisar de comprovar a sua identidade através de dois fatores. O primeiro fator de autenticação é o mais tradicional, a palavra-passe. O segundo fator pode variar dependendo da plataforma online à qual estamos a tentar aceder.

Apesar de não ser infalível, este recurso fornece uma camada extra de segurança. As  pessoas tendem a criar senhas fáceis de memorizar que podem ser facilmente adivinhadas, o que as torna mais vulneráveis a ciberataques. A tendência de utilizar a mesma palavra-passe em várias plataformas é outra fraqueza da forma de login mais tradicional. Ao utilizar a autenticação de dois fatores, ainda que o invasor descubra a sua palavra-passe, dificilmente conseguirá ultrapassar a segunda fase da autenticação.

Como é que pode ser gerado o segundo fator?

Na maioria dos casos é gerada uma OTP, ou seja, uma palavra-passe de utilização única. Esta pode ser um código enviado para o número de telemóvel ou email que associou à sua conta. Outros possíveis fatores de autenticação são geralmente coisas que o utilizador possui, por exemplo, uma pen, um token ou dados biométricos como a impressão digital.

Este recurso, além de dificultar o acesso indevido às suas contas, é capaz de o informar sempre que alguém fizer uma tentativa de acesso. Nesta situação, o utilizador ao ser informado da tentativa pode optar por alterar a palavra-chave para uma mais segura se considerar necessário.

Como é que posso ativar este recurso?

O google e o instagram, por exemplo,  permitem ativar este recurso no menu segurança. Depois de selecionar o método de segurança só precisa de seguir as instruções apresentadas.

Outras dicas para manter as contas online seguras

  • Desative o preenchimento automático
  • Termine sempre a sessão
  • Utilize palavras-passe com números, letras e caracteres especiais
  • Não utilize a mesma palavra-passe em diferentes plataformas
  • Não partilhe a sua palavra-passe

Opte por adicionar mais seguranças às suas contas e garanta que os seus dados só podem ser acedidos com a sua autorização. 

Leia também sobre os cuidados que deve ter nas suas compras online.

Publicidade

Sobre o autor

Formação

Adicionar Comentário

Clique aqui para enviar um comentário

Publicidade