Início » Notícias » “A Rússia nunca assumirá o controlo da Ucrânia”, diz chefe das Forças Armadas britânicas
Internacional Notícias

“A Rússia nunca assumirá o controlo da Ucrânia”, diz chefe das Forças Armadas britânicas

forças armadas

Sir Tony Radakin, chefe das Forças Armadas britânicas, considerou “um disparate” a ideia de que a invasão russa esteja a ser um sucesso.

O chefe das Forças Armadas do Reino Unido, Sir Tony Radakin, defendeu que a Rússia já “perdeu estrategicamente” a guerra e que a ideia de que a mesma esteja a ser um sucesso é “um disparate”.  

Em conversa com a agência noticiosa PA, Radakin afirmou que esta invasão foi “um erro terrível da Rússia. A Rússia nunca assumirá o controlo da Ucrânia. A Rússia já perdeu estrategicamente. A NATO está mais forte, a Finlândia e a Suécia estão à espera de aderir”.

De acordo com o responsável, a Rússia apenas tem conquistado “pequenos ganhos”, tendo sido forçada a desistir de tentar controlar a maioria das grandes cidades ucranianas.

“A máquina russa está a moer e a ganhar um par de (…) quilómetros todos os dias. Isto é duro para a Ucrânia, mas esta vai ser uma longa luta. Estamos a apoiar a Ucrânia, a Ucrânia mostrou como é realmente corajosa”, garantiu Radakin.

“A Rússia tem vulnerabilidades porque está a ficar sem gente e sem mísseis de alta tecnologia”, segundo o chefe das Forças Armadas britânicas.

 “O presidente Putin utilizou cerca de 25% do poder do seu exército para ganhar uma pequena quantidade de território e 50 mil pessoas mortas ou feridas”, mencionou.

Moscovo “pode estar a obter alguns sucessos tácticos ao longo das últimas semanas”, mas “a Rússia está a perder estrategicamente”, concluiu o responsável.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade