Início » Notícias » Abono mensal para jovens espanhóis que saiam de casa dos pais
Internacional Notícias

Abono mensal para jovens espanhóis que saiam de casa dos pais

abono mensal

Pedro Sánchez, Presidente do Governo Espanhol, anunciou a criação de um abono mensal para jovens entre os 18 e 35 anos, no valor de 250 euros mensais, sendo que para ter direito ao subsídio, é necessário um rendimento anual inferior a 23.725 euros.

O anúncio do chefe do Governo Espanhol foi feito no decorrer da cerimónia de abertura do I Fórum Urbano de Espanha, sendo que este abono mensal tem o objetivo de facilitar a saída dos jovens espanhóis de casa dos pais e a sua emancipação.

Segundo a agência EFE, o subsídio estará em vigor nos próximos dois anos e, no caso de famílias mais desfavorecidas, poderá ser complementado com auxílios de aluguer de até 40% do valor.

De acordo com Pedro Sánchez, Espanha vai “estabelecer uma política pública para reduzir a idade de emancipação tão insuportavelmente alta no nosso país para que os jovens possam ter acesso a habitações dignas de aluguer com o apoio e ajuda da Administração Geral do Estado”.

O jornal “La Vanguardia” avança que 6820 milhões de euros serão destacados para o plano de recuperação de programas de reabilitação habitacional e regeneração urbana, sendo que o Governo Espanhol tenciona realizar mais de meio milhão de ações de reabilitação, com um largo número de 40.000 edifícios residenciais nos próximos seis anos como objetivo. 

O Governo Espanhol, segundo o “El Mundo”, anunciou, também, que os jovens irão ter direito a um abono cultural assim que atingirem a maioridade. Pedro Sánchez garantiu que irão ser atribuídos “400 euros para a compra de livros, o consumo de qualquer tipo de atividade artística ou cénica” a cada jovem.

O Presidente do Governo acrescentou ainda que “Devemos apoiar um setor muito importante para o nosso país, como o químico ou o naval, todas as profissões ligadas ao cinema são importantes. Nos orçamentos, haverá um bónus cultural para os jovens”.

Este abono cultural é semelhante ao cheque que França lançou na primeira metade de 2021, para 800.000 cidadãos de 18 anos, no valor de 300 euros. Adolescentes franceses entre os 14 e os 25 anos de idade recebem, ainda, 25 euros anuais para poderem usufruir da cultura.

Publicidade

Publicidade