Início » Notícias » Boris Johnson recusa pagar gás russo em rublos
Internacional Notícias

Boris Johnson recusa pagar gás russo em rublos

boris johnson

Boris Johnson assumiu juntar-se às posições tomadas pela Alemanha e a França, recusando-se a pagar o gás russo na moeda oficial da Rússia.

De acordo com um porta-voz do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, o Reino Unido não tenciona começar a pagar gás russo em rublos, após um decreto assinado por Vladimir Putin ter estabelecido que, a partir do dia 1 de abril, a Europa teria de começar a pagar gás na moeda oficial russa.

“Isso não é algo que iremos fazer”, afirmou, citado pelo “The Guardian”, aos jornalistas.

Recorde-se que o decreto assinado pelo presidente russo surge como resposta às sanções europeias impostas a Moscovo, devido à invasão na Ucrânia.

É de realçar que a União Europeia é altamente dependente do fornecimento de gás natural russo, algo que a Europa tenta atenuar desde o começo da guerra.

Desde que o decreto foi anunciado, tanto a França como a Alemanha revelaram que irão “preparar-se” para uma possível paralisação da importação de gás russo.

O chanceler alemão, Olaf Scholz, já garantiu que a Europa continuará a pagar em euros ou dólares, enquanto que Bruno Le Maire, ministro da Economia e das Finanças francês, sublinhou que “contratos são contratos”.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade