Início » Notícias » Carlos Carvalhal sente “injustiça” relativamente a castigo que o afasta do jogo frente ao Sporting
Desporto Futebol Notícias

Carlos Carvalhal sente “injustiça” relativamente a castigo que o afasta do jogo frente ao Sporting

Carlos Carvalhal

O treinador do SC Braga, Carlos Carvalhal, revelou ter sentido “injustiça” devido ao castigo que o impedirá de estar presente no banco em Alvalade, lembrando que sempre teve “uma atitude profilática em relação à arbitragem”.

Carlos Carvalhal admitiu estar desiludido pelo facto de não poder marcar presença no banco de suplentes no jogo diante do Sporting, no Estádio de Alvalade, após ter sido expulso frente ao Marítimo, na derrota dos bracarenses, por 0-1.

Na antevisão ao encontro, que corresponderá à 19ª jornada da I Liga, o treinador do SC Braga afirmou que esta será ​​uma condicionante “importante”, falando em “injustiça”, devido ao seu historial com a arbitragem.

“Não insultei ninguém, nem fui mal-educado com ninguém. Apenas disse ao árbitro para equilibrar o jogo. Senti alguma injustiça não só pela minha expulsão mas também porque nesta época sempre tive uma atitude profilática em relação à arbitragem”, disse Carlos Carvalhal.

O técnico arsenalista mencionou, ainda, que “Não comentei os trabalhos dos árbitros. Não merecia sequer ter sido expulso, quando muito merecia um cartão amarelo. Mas vou continuar a ter respeito pelos árbitros, jornalistas, dirigentes e jogadores, por todos os que estão ligados ao futebol”.

Carlos Carvalhal garantiu, no entanto, que a equipa tem “estratégias” com o objetivo de atenuar o impacto causado pela sua ausência, assegurando ter “uma liderança muito repartida, dando muitas responsabilidades aos adjuntos. Tanto o João Mário, como o Sérgio e o Orlando estão muito identificados com a equipa e vão fazer tudo para ajudar os jogadores a conseguir um bom resultado”.

“Como é sabido, Sporting, Benfica e FC Porto têm uma grande supremacia sobre as outras equipas em termos históricos e o Sporting de Braga tem-se aproximado desses três clubes. Cumpre-nos continuar a procurar esse equilíbrio e por isso teremos de vencer o próximo jogo”, concluiu o treinador bracarense.

Subscreva para receber as principais notícias semanais sobre Desporto e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade