Início » Notícias » Eduardo Cabrita agracia vários trabalhadores antes de abandonar Governo
Nacional Notícias

Eduardo Cabrita agracia vários trabalhadores antes de abandonar Governo

Eduardo Cabrita

O ex-Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, agraciou diversos trabalhadores do Governo, com medalhas e notas de louvor.

Antes de abandonar as funções de Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita atribuiu medalhas e notas de louvor a vários funcionários do Governo, tendo agraciado, inclusive, os motoristas do gabinete.

No louvor publicado hoje, número 660/2021, do Diário da República, pode lêr-se:

“No momento em que cesso funções como ministro da Administração Interna, expresso público louvor ao pessoal do apoio técnico-administrativo, do apoio auxiliar e aos motoristas do meu gabinete, pela disponibilidade, dedicação e sentido de responsabilidade que demonstraram no exercício das respetivas funções, contribuindo para o pleno funcionamento do gabinete e, deste modo, da área governativa da administração interna”.

O ex-Ministro da Administração Interna atribuiu, ainda, louvores a diversos elementos da GNR, SEF, PSP, bem como a adjuntos e técnicos, antes de abandonar, oficialmente, a posição no Governo.

É de relembrar que Cabrita pediu a demissão no início do mês de dezembro, após ter insistido que era apenas “o passageiro” no carro que fatalmente atropelou, em julho deste ano, um homem na A6.

Este pedido surgiu no dia da divulgação do despacho do Departamento Central de Investigação e Ação Penal de Évora, que revelava que o automóvel onde seguia o ex-Ministro da Administração Interna circulava a uma velocidade de 166 km/h, estando, deste modo, em “violação das regras de velocidade e circulação”.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais. 

Escrito por João Serra

Publicidade

Sobre o autor

Notícias

1 Comentário

Clique aqui para enviar um comentário

  • Só falta ele autocondecorar-se com uma medalha de cortiça. Foi o ministro mais reles que Portugal teve no pós 25 de abril.

Publicidade