Início » Notícias » Encarnados fazem história frente ao Barcelona
Benfica Desporto Futebol Notícias

Encarnados fazem história frente ao Barcelona

Encarnados

Exibição de luxo do Benfica valeu um 3-0, frente ao clube catalão, sendo esta a primeira vitória na fase de grupos da Liga dos Campeões para os encarnados.

Esta vitória sobre a formação blaugrana é, também, histórica, visto que a última vitória dos encarnados sobre o Barcelona foi em 1961, na então chamada Taça dos Clubes Campeões Europeus.

O marcador foi inaugurado logo aos 3 minutos, por Darwin Núñez, após um passe longo a explorar o espaço, por parte do médio germânico Julian Weigl. O uruguaio, após receber a bola perto da área culé, numa investida individual, driblou Eric García e, em queda, colocou a bola ao primeiro poste da baliza de Ter Stegen.

Gerard Piqué acabaria por sair logo aos 33 minutos, com Ronald Koeman a querer evitar uma expulsão do internacional espanhol após lance muito protestado em que um suposto segundo amarelo ao jogador barcelonista ficou por mostrar depois de uma entrada sobre Rafa. 

Depois de diversos momentos de alta pressão protagonizados pelos catalães, nomeadamente um remate de Luuk de Jong que Lucas Veríssimo, imperialmente, cortou para evitar o golo do empate, a equipa portuguesa começou a pegar mais no jogo. 

Foi, então, aos 69 minutos que, num ressalto proveniente de uma exímia jogada entre João Mário e Roman Yaremchuk, que Rafa Silva, em jeito de trivela e oportunista, colocou a bola nas redes espanholas, fazendo, assim, o 2-0 para os encarnados.

Já aos 79 minutos, após mão na bola de Sergiño Dest, Darwin Núñez, de penálti, com muita calma e um bis, fez o 3-0 para a equipa da Luz, encerrando, assim, uma exibição de luxo dos homens de Jorge Jesus.

O Barcelona ainda ficou reduzido a dez unidades, aos 87 minutos, com o central espanhol Eric García a puxar o jovem português Gonçalo Ramos, levando o segundo amarelo

O Benfica voltará a jogar em casa, frente aos primeiros classificados bávaros do Bayern, a 20 de outubro. Os encarnados passam, deste modo, a somar quatro pontos na competição, com três golos marcados e zero sofridos, com os culés ainda a zeros e em último lugar do Grupo E, atrás do Dínamo Kiev, que tem, até ao momento, um ponto.

Publicidade

Publicidade