Início » Notícias » Lacerda Sales diz que 90% dos internados em UCI não estão vacinados
Nacional Notícias

Lacerda Sales diz que 90% dos internados em UCI não estão vacinados

Lacerda Sales

António Lacerda Sales, secretário de Estado Adjunto e da Saúde, afirmou, esta segunda-feira, que cerca de 90% dos infetados com covid-19 que se encontram internados nos cuidados intensivos (UCI) não se encontram vacinados.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, reforçou o apelo para que as pessoas tomem a vacina, mencionando, ainda, que 60% dos internados nas enfermarias dos hospitais nacionais não foram vacinados.

Lacerda Sales prestou declarações aos jornalistas à margem da cerimónia de receção aos médicos internos do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Segundo argumentou o governante, comparando os atuais dados estatísticos com os do ano passado, “Este é o melhor indicador para fazer este apelo à vacinação”.

De acordo com o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, contabilizam-se, atualmente, “menos de um terço nos internamentos convencionais, menos de um quarto em unidades de cuidados intensivos e, felizmente, menos de um quinto em termos de óbitos”.

Lacerda Sales realizou, ainda, um apelo à testagem, realçando a capacidade de Portugal no processo de testagem à covid-19, com mais de 1.400 farmácias aderentes e 700 postos de laboratoriais de testagem.

Portugal, segundo o governante, é o quarto país da Europa com mais testes efetuados (mais de 26 milhões), sendo que, só na quinta-feira, dia 30 de dezembro, foram feitos mais de 400 mil testes.

“Temos capacidade de testagem, temos testes, muitas instituições a testar, pelo que queremos que as pessoas se testem, porque é muito importante para controlarmos esta crise sanitária”, afirmou.

António Lacerda Sales advertiu, também, para que a população não se dirija aos hospitais e urgências para a realização de testes à covid-19, “porque tendo esta capacidade de testagem noutros locais poderão libertar o tempo aos profissionais de saúde para situações mais graves”.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais. 

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade