Início » Notícias » Motorista de Eduardo Cabrita acusado de homicídio por negligência
Nacional Notícias

Motorista de Eduardo Cabrita acusado de homicídio por negligência

motorista

O Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Évora divulgou hoje, em comunicado, que o motorista do Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, ​​foi acusado de homicídio por negligência e duas contraordenações.

Segundo o despacho do DIAP de Évora, o motorista que transportava Eduardo Cabrita, Ministro da Administração Interna português, quando atropelou um trabalhador na A6, matando-o, foi acusado de homicídio por negligência e duas contraordenações.

O acidente que envolveu o motorista de Eduardo Cabrita ocorreu a 18 de junho deste ano, no quilómetro 77,6 da A6, que conecta a Marateca à fronteira do Caia, em Elvas, enquanto este circulava a 163 km/h, mais de 40 quilómetros acima do limite legal, atropelando fatalmente Nuno Santos, de 43 anos de idade, que se encontrava com um grupo de trabalhadores da via.

O Ministério Público inferiu, deste modo, acusação contra Marco Pontes, o “condutor do veículo automóvel interveniente num acidente de viação ocorrido na A6, no dia 18 de Junho de 2021, imputando-lhe a prática, em concurso, de um crime de homicídio por negligência e de duas contraordenações”.

No comunicado, pode ler-se ainda que “o arguido conduzia, naquela ocasião e lugar, veículo automóvel em violação das regras de velocidade e circulação previstas no Código da Estrada e com inobservância das precauções exigidas pela prudência e cuidados impostos por aquelas regras de condução”.

O inquérito foi dirigido pela 1.ª secção do DIAP da comarca de Évora com colaboração da GNR.

O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, já reagiu à acusação do motorista, referindo que “Eu sou passageiro. É o Estado de Direto a funcionar”, acrescentando que “É essa a confiança que sempre tenho nas instituições”, respondendo à comunicação social no final da cerimónia de inauguração do Posto Territorial de Lagos, da Guarda Nacional Republicana.

Eduardo Cabrita afirmou, ainda, que “estamos a falar do atravessamento de uma vida não sinalizado” e referiu que “é neste quadro que todo o esclarecimento de factos deve ser apurado”.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais. 

Escrito por João Serra

Publicidade


Fatal error: Uncaught Error: Call to undefined function WP_Optimize() in /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-content/plugins/wp-optimize/cache/file-based-page-cache-functions.php:191 Stack trace: #0 [internal function]: wpo_cache('<!DOCTYPE html>...', 9) #1 /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-includes/functions.php(5107): ob_end_flush() #2 /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-includes/class-wp-hook.php(303): wp_ob_end_flush_all('') #3 /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-includes/class-wp-hook.php(327): WP_Hook->apply_filters('', Array) #4 /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-includes/plugin.php(470): WP_Hook->do_action(Array) #5 /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-includes/load.php(1097): do_action('shutdown') #6 [internal function]: shutdown_action_hook() #7 {main} thrown in /var/www/vhosts/magnetikalchemy.com/httpdocs/wp-content/plugins/wp-optimize/cache/file-based-page-cache-functions.php on line 191