https://thejrns.org/slot-gacor/https://ijohmn.com/public/slot-gacor/https://www.kuhoo.com/wp-content/uploads/slot-deposit-dana/http://clc.cet.edu/judi-bola/https://ijorces.org/slot-gacor/https://virtusclean.com/slot-online/https://modernacademy-journal.synceg.net/slot-gacor/https://rumosdainformacao.ivc.br/5unsur3/https://cosy.univrab.ac.id/slot-online/https://staialakbarsurabaya.ac.id/slot-online/https://krti.unesa.ac.id/slot-deposit-pulsa/http://jurnal.umsu.ac.id/public/http://jurnal.univrab.ac.id/slot-gacor/https://fbs.unj.ac.id/wp-content/slot-gacor/https://jurnal.ikipjember.ac.id/slot-online/https://itbk.ac.id/slot-online/https://pusbangpmpp.lppmp.untad.ac.id/judi-online/https://apache1.untad.ac.id/slot-gacor/https://revistadeodontologia.facpp.edu.br/public/slot-gacor/https://puskesmaspenerokan.batangharikab.go.id/slot-gacor/https://tangguh.batangharikab.go.id/slot-online/https://terang.batangharikab.go.id/slot88/https://umu.edu.lr/togel-online/https://irvingroup.com/sbobet/ Noruega: Justiça identifica autor de tiroteio em Oslo - MAGnetik
Início » Notícias » Noruega: Justiça identifica autor de tiroteio em Oslo
Internacional Notícias

Noruega: Justiça identifica autor de tiroteio em Oslo

noruega

A Justiça da Noruega identificou formalmente Zaniar Matapour, cidadão norueguês de origem iraniana, acusado de matar duas pessoas e ferir 21. 

Foi formalmente identificado, esta segunda-feira, por um tribunal norueguês, o suspeito de um tiroteio num bar gay, que ocorreu na madrugada de sábado. O seu nome é Zanir Matapour, um cidadão norueguês de origem iraniana.

Zaniar Matapour encontra-se acusado de matar duas pessoas e ferir 21, sendo que o tribunal distrital de Oslo irá hoje divulgar as medidas de coação a serem aplicadas.

O suspeito do ataque será, ainda, submetido a uma avaliação psiquiátrica, visto que tem historial de doença mental, de acordo com as autoridades norueguesas, citadas pela Reuters.

Ainda hoje terá lugar uma manifestação, por parte de membros da comunidade LGBTQ, em frente à Câmara Municipal de Oslo.

O ataque ocorreu pelas 1h00 (hora local) de sábado, nas imediações de um pub, onde duas pessoas perderam a vida, tendo depois continuado à porta de um bar gay adjacente, algumas horas antes de uma marcha Pride.

Ainda no dia do ataque, foi sabido que Matapour já se encontrava referenciado pelas autoridades da Noruega por delitos menores, como posse de droga e posse de uma faca.

Os serviços de informação noruegueses classificaram o acontecimento como um ato de “terrorismo islâmico extremista”.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade

Publicidade