Início » Notícias » Pandemia “ainda não acabou”, diz OMS
Internacional Notícias

Pandemia “ainda não acabou”, diz OMS

pandemia

Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), afirmou esta quarta-feira que a pandemia continua a ser uma ameaça global, apesar da diminuição recente do número de mortes.

“Todos queremos deixar a pandemia para trás, mas por muito que queiramos, ainda não acabou”, insistiu o diretor-geral da OMS, numa conferência de imprensa semanal.

O responsável argumentou que uma nova vaga de infeções na Ásia, bem como o número de novos casos registados no continente europeu, estão a fazer com que contabilização global de casos positivos volte a aumentar, depois de um mês inteiro em queda.

Tedros Adhanom Ghebreyesus realçou, ainda, que “alguns países estão a registar as taxas de mortalidade mais elevadas desde o início da pandemia”, atribuindo o fenómeno à velocidade de transmissão da variante Ómicron, sendo a mesma “especialmente perigosa para pessoas idosas não vacinadas”.

“Até atingirmos uma elevada taxa de vacinação em todos os países, continuaremos a correr o risco de um aumento de infeções, com a possibilidade de surgirem novas variantes capazes de evitar vacinas”, afirmou.

Segundo a OMS, 64% da população mundial recebeu pelo menos uma dose das 11 mil milhões de vacinas administradas, sendo que essa percentagem desce, no entanto, para 14% em países de baixo rendimento.

Na última semana, o mundo registou o valor no número de mortes por covid-19 mais baixo desde março de 2020, verificando-se uma redução de 23%, mesmo que as infeções globais tenham voltado a aumentar 7%, para mais de 12 milhões.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Sobre o autor

Notícias

Adicionar Comentário

Clique aqui para enviar um comentário

Publicidade