Início » Notícias » Reino Unido: vacinação obrigatória para trabalhadores do serviço público de saúde
Internacional Notícias

Reino Unido: vacinação obrigatória para trabalhadores do serviço público de saúde

Reino Unido

A partir do dia 1 de abril de 2022, a vacinação contra o vírus da covid-19 vai tornar-se obrigatória para trabalhadores do serviço público de saúde do Reino Unido, de acordo com o Governo britânico.

Sajid Javid, Ministro da Saúde do Reino Unido, afirmou, no parlamento britânico, que, após ter consultado sobre o assunto, “cheguei à conclusão de que todos os que trabalham para o serviço público de saúde devem ser vacinados”.

A vacinação não será, no entanto, obrigatória para aqueles que não trabalhem em contacto com doentes ou que não possam tomar a vacina contra a covid-19 por motivos de saúde.

Sajid Javid reiterou que os trabalhadores do serviço nacional de saúde britânico (NHS) que estão relutantes em serem vacinados devem ser persuadidos com base na pedagogia, frisando que ninguém “deve ser apontado ou considerado como um ‘bode expiatório'”.

O Ministro da Saúde britânico mencionou, ainda, os números mais recentes relativamente ao número de trabalhadores do NHS que receberam o fármaco, dizendo que “90% do pessoal do NHS recebeu pelo menos duas doses” da vacina, sendo que, no entanto, em alguns hospitais o número encontra-se “perto de 80%”.

Os funcionários pertencentes ao setor de cuidados de saúde do NHS não serão obrigados a vacinar-se até ao inverno. Contudo, o Governo britânico admite que a situação epidemiológica pode vir a complicar-se ainda mais, visto que se prevê um aumento do número de infeções pelo novo coronavírus associadas a outros vírus sazonais (gripe).

É de referir que o NHS tem quase 1,2 milhões de trabalhadores, sendo que mais de 627.000 são cuidadores.

De acordo com o mais recente balanço da agência francesa de notícias AFP, o vírus da covid-19 já tirou mais de 5.053.909 vidas em todo o globo, sendo que, no total, mais de 250,2 milhões de pessoas já foram infetadas pelo novo coronavírus.

Subscreva para receber notícias semanais e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade