Início » Notícias » Seleção Sub-21 goleia Liechtenstein “à moda antiga”
Desporto Futebol Notícias

Seleção Sub-21 goleia Liechtenstein “à moda antiga”

Seleção Sub-21

A Seleção Sub-21 de Portugal alcançou um resultado histórico, ao golear a formação do Liechtenstein por 11-0, em jogo de qualificação para o Europeu.

Portugal “massacrou” a Seleção do Liechtenstein, em jogo a contar para a fase de qualificação do Grupo D, para o Europeu que irá ter lugar na Geórgia e na Roménia, em 2023, sendo que a partida decorreu em Vizela e acabou 11-0 para a equipa jovem das quinas.

Em outubro de 2018, o Liechtenstein sofreu a, até ontem, maior goleada da história: uma derrota por 0-9 frente a, nem mais nem menos, que a Seleção Sub-21 de Portugal.

Só na primeira parte do encontro de quinta-feira, no entanto, os jovens portugueses já tinham igualado o resultado histórico de há 3 anos, sendo que os primeiros cinco golos foram marcados em apenas 19 minutos.

Indo por partes, o lateral-esquerdo, jogador do Arsenal, Nuno Tavares abriu o marcador, com apenas 5 minutos no relógio, depois de uma assistência de Fábio Silva.

Aos 8 minutos, o jovem médio do Vitória de Guimarães, André Almeida, fuzilou a baliza liechtensteinense, ao chegar a uma bola de um ressalto proveniente de uma tentativa de cruzamento de João Mário.

Já aos 12 minutos do encontro, Gonçalo Ramos iria encostar para as redes do Liechtenstein na sequência de um passe rasteiro de Fábio Silva, assinalando a segunda assistência do jogador do Wolverhampton, de Inglaterra.

Nem um minuto depois, a, até então, figura do encontro, Fábio Silva, após uma belíssima investida individual, chapela a bola por cima do guarda-redes, Foser.

O 5-0, viria aos 19 minutos, após um passe exímio de Tiago Dantas, com o jogador do Benfica, emprestado ao Tondela, a colocar a bola na cabeça de Gonçalo Ramos para mais um golo do jovem matador português.

Ainda na primeira parte do encontro, aos 24 minutos, o avançado do Benfica marcaria o terceiro golo da conta pessoal, após atingir a barra na sequência de um pontapé de bicicleta, fazendo com que o esférico ressaltasse para um cabeceamento de João Mário que, com Foser mal na fotografia, sobraria para Gonçalo Ramos encostar para um hat-trick.

Já aos 37, Fábio Vieira assinalava o sétimo golo da Seleção Sub-21 sobre o Liechtenstein, da marca de grande penalidade.

Gonçalo Ramos chegaria mesmo ao poker, com o quarto golo do avançado a vir, desta vez sim, de um pontapé de bicicleta, apontando o 8-0 para a equipa das quinas.

Aos 44 minutos, a encerrar o marcador na primeira parte, o antigo jogador do FC Porto, Fábio Silva, voltaria a brilhar, com um cabeceamento a balançar as redes lichtensteinenses, apenas possível graças ao excelente cruzamento do ex-Benfica, Nuno Tavares. 9-0 para Portugal.

Já na segunda parte, depois de bastantes alterações por parte de Rui Jorge, o ritmo baixaria substancialmente, mas com espaço, no entanto, para a Seleção Sub-21 apontar mais dois golos, por intermédio do sportinguista, Tiago Tomás, e do portista, Francisco Conceição.

O décimo golo surgiria, também, da cabeça de um jogador português, com o atleta dos leões a marcar aos 62 minutos, após cruzamento do médio ofensivo do Belenenses SAD, Afonso Sousa.

A encerrar as contas para Portugal, Francisco Conceição concretizaria o 11-0, na sequência de um bom improviso individual, finalizando ao primeiro poste da baliza do Liechtenstein. 

A Seleção Sub-21 de Portugal tem jogo marcado para 12 de outubro, frente à seleção da Islândia, em Reiquejavique. A equipa das quinas, vice-campeã europeia, encontra-se no segundo lugar do Grupo D, com 6 pontos, atrás do Chipre, que tem um jogo a mais, com 7.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade