Início » Saúde e Beleza » Saiba qual é a melhor altura do dia para treinar e perder peso
Fitness Saúde e Beleza Saúde e Bem-Estar

Saiba qual é a melhor altura do dia para treinar e perder peso

saiba qual

Sabia que a hora a que treina pode ter impacto na quantidade de peso que perde após exercitar? É verdade! Assim sendo, saiba qual é a melhor altura do dia para treinar e perder peso!

Seja de manhã, à tarde ou até à noite, todos nós exercitamos quando conseguimos arranjar um pouco de tempo do nosso dia para o fazer. A ciência, no entanto, afirma que existem horários melhores e mais eficazes que outros, pelo que é melhor que saiba qual a melhor hora para a prática de exercício físico.

De acordo com o jornal “Times of India”, a manhã é o melhor período do dia para exercitar, especialmente quando o treino é realizado em jejum.

Isto deve-se ao facto de que, na parte da manhã, o perfil biológico do corpo acelera o metabolismo, o que estimula o processo de emagrecimento.

Deste modo, exercitar de manhã é muito mais eficaz na perda de peso, sendo que, a isto, se alia o facto de treinar de manhã poder mantê-lo/a ativo/a ao longo dia, fazendo com que vá dormir mais cedo.

De acordo com o estudo, no entanto, treinar à tarde pode também revelar-se eficaz, podendo exercitar mais intensamente ou simplesmente realizar uma caminhada rápida.

Esta altura do dia está associada a um período de menor stress, melhor tempo de reação e mais resistência física.

Para quem prefere exercitar intensamente durante a noite, no entanto, temos más notícias. Segundo os investigadores, exercícios pesados devem ser evitados durante o período noturno, visto que a atividade pode afetar negativamente o padrão de sono dos indivíduos.

Um estudo realizado em 2019 publicado no Journal of Physiology afirma que fazer exercício físico após as 19h00 leva a que as pessoas adormeçam mais tarde. 

Para quem não tem outra opção horária, todavia, os especialistas aconselham atividades como Yoga ou pilates. 

Sabia que, através da idade biológica das retinas, pode detetar o risco de morte prematura? Leia mais!

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade