Início » Herald Social » Cuidados a ter com o Sol no Verão
Saúde e Bem-Estar

Cuidados a ter com o Sol no Verão

cuidados a ter com o Sol

Verão é sinónimo de liberdade, dias compridos, praia, diversão e Sol, muito Sol, mas é preciso ter cuidado com a força do astro-rei.

Apesar do Sol promover a produção de vitamina D, essencial para aumentar os níveis de cálcio e ajudar a prevenir doenças como a osteoporose, depressão, diabetes, alguns tipos de cancro, doenças autoimunes e cardíacas, o moreno que os seus raios trazem à nossa pele não são os únicos convidados.

Uma exposição excessiva à luz solar pode ter efeitos nocivos nos olhos, no sistema imunológico e, sobretudo, na pele com o desenvolvimento de cancros de pele como o melanoma.

Aliás, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os especialistas acreditam que quatro em cinco casos de cancro da pele poderiam ser evitados, uma vez que os danos causados pelos raios UV são evitáveis”.

Assim, para que o Sol do verão seja benévolo para com a sua saúde, há cuidados que não deve deixar de tomar.

Cuidados a ter com Sol

• Utilize protetor solar, sempre

O protetor solar é o melhor amigo da sua pele no verão, mesmo nos dias em que o Sol se esconde atrás das nuvens ou em dias de nevoeiro.

Aplique um creme protetor solar 30 minutos antes de ir para a praia, campo ou para a piscina e renove as aplicações de 2 em 2 horas e após o banho, mesmo que o produto seja à prova de água.

Escolha um protetor solar com FPS igual ou superior a 30.

• Hidrate-se

Mesmo que não sinta sede, ingira muitos líquidos, preferencialmente água. Para além da água, o consumo de frutas e legumes é outra das formas de equilibrar os níveis de hidratação corporal pois, além de conterem nutrientes essenciais que ajudam a proteger a pele, legumes como a cenoura, por exemplo, contêm betacaroteno, que protege a pele dos raios solares.

• Evite a expor-se ao Sol nas “horas perigosas”

A tentação de conseguir um bronzeado digno de nota e de ser notado pode ser grande, mas, como vimos, pode trazer-lhe dissabores. Assim, procure evitar expor-se ao sol nas horas em que os raios solares estão mais fortes, ou seja, entre as 12h e as 16h.

O recurso à sombra de uma árvore, guarda-sol ou de uma cobertura de lona aparenta ser uma boa solução, mas a OMS (Organização Mundial de Saúde) assinala que estas não oferecem uma proteção solar completa. Recorra a sombras, mas de preferência debaixo de telha ou junto a um muro alto, por exemplo.

• Use roupa escura, chapéus de abas largas e óculos de sol

Utilize roupa escura e que esta, de preferência, seja “manga comprida que cubra os antebraços”, no caso de fazer uma exposição muito prolongada, aconselha a Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo.

Publicidade

Publicidade