Quantcast
Cultura & ViagensTecnologia

Telemóvel sob escuta: como saber se estão a ouvir as tuas conversas?

Telemóvel sob escuta

Ultimamente tem havido um aumento de burlas através de mensagens e telefonemas. Poderás evitar ser burlado sabendo se o teu telemóvel está sob escuta rapidamente.

Mas antes de te explicarmos como o podes verificar, explicamos-te o que um hacker e uma pessoa mal intencionada consegue ter acesso quando o teu telemóvel está comprometido.

Em algumas situações de investigações de crimes, um juiz poderá autorizar a interseção de um telemóvel colocando-o sob escuta e acedendo à sua localização.

No entanto, também outras pessoas com intenções menos nobres poderão comprometer o teu telemóvel (hackers, burlões, empregador, ex-companheiro/a).

Quando o teu telemóvel está sob escuta ou infetado por um malware permite que quem o tenha infectado consiga ouvir as tuas chamadas, ler e enviar SMS, saber a tua localização, aceder aos teus e mails, fotografias e outros ficheiros, bem como ativar microfone, ouvir as tuas conversas privadas, ativar a câmara. Enfim, consegue ter acesso a praticamente tudo o que te é privado e pessoal.

Então como podes saber se o teu telemóvel está sob escuta?

1 – Aumento do consumo de dados: se notas que há um aumento fora do normal do consumo dos teus dados ou de alguma app em específico, pode significar que alguém está a monitorizar o teu telemóvel;

2 – Mensagens pop-up: mensagens de erro constantes, pop-ups ou avisos pode significar que estás infectado com spyware ou malware;

3 – Comportamento suspeito: se o teu telemóvel começa a agir erradamente como fechar ou abrir aplicações sozinho, poderás estar sob escuta;

4 – Consumo excessivo de bateria: se a bateria do teu telemóvel está constantemente em baixo ou consome-se mais rapidamente do que o suposto poderás ter um malware a correr em segundo plano;

5 – Apps e ícones estranhos: se de repente tens apps que não fizeste download ou ícones no ambiente de trabalho;

6 – Barulhos estranhos: se ouves barulhos de fundo estranhos durante chamadas ou se as tuas chamadas se desligam frequentemente, poderás ter alguém a sabotar e espiar as tuas chamadas.

Então o que podes fazer se suspeitas que o teu telemóvel está sob escuta?

1 – Reinicia o teu telemóvel: ao re-iniciares o telemóvel estás a limpar todos os processos que estejam a correr em segundo plano;

2 – Actualiza o software do telemóvel: as actualizações de sistema operativo ajudam a eliminar algumas potenciais falhas de segurança exploradas por spywares;

3 – Corre um programa antivírus: ao teres um software antivírus no telemóvel irá ajudar-te a prevenir potenciais programas e apps maliciosas;

4 – Reencaminhamento de chamadas: podes descobrir se as tuas chamadas estão a ser desviadas para algum lado e se estiverem podes desactivar este processo facilmente.

Para verificares digita no teclado *#21* e carregas no botão de efetuar chamada. (se este comando não funcionar no teu smartphone experimenta estes dois: *#67# ou *#62# )

Caso haja algum encaminhamento a ser feito, podes desativá-lo rapidamente ao escreveres no teclado: ##002# e pressionares o símbolo de chamada.

5 – Fazer um reset de fábrica ao telemóvel: faz primeiro uma cópia de segurança e após este processo faz um reset de fábrica ao telemóvel para que possas limpar tudo o que o mesmo possa ter. Este deve ser o teu último recurso e o mais agressivo.

Se ainda suspeitas que possas ter o telemóvel sob escuta, poderás recorrer a uma loja de telemóveis credível para que possas ter ajuda técnica e especializada que te ajudem a resolver estas questões de segurança.

Related posts
Cultura & ViagensViagens

Férias românticas na Europa: 10 destinos para viagens a dois

Cultura & ViagensViagens

20 melhores praias de Portugal para visitar este verão

Cultura & ViagensViagens

Aldeias e vilas de Portugal para visitar neste verão

Cultura & ViagensViagens

Férias românticas em Portugal: 10 destinos memoráveis