Quantcast
CarreiraDicasFormação & Carreira

Freelancer em Portugal? Conheça estas dicas

freelancer em portugal

Trabalhar como freelancer pode ser uma boa opção para certas profissões. A pandemia veio abrir os olhos dos portugueses e intensificar a procura por este modo de trabalho. Cada vez mais jovens empreendedores seguem este caminho. E a verdade é que é fácil de compreender o porquê. Os freelancers contam com maior liberdade e flexibilidade no emprego e têm mais facilidade em conjugar a vida pessoal com o trabalho. Para o ajudar a atingir o sucesso como freelancer em Portugal selecionamos algumas dicas. Fique atento às nossas sugestões.

  • Abrir atividade nas finanças

Se o que pretende é trabalhar de forma independente é essencial que comece por abrir atividade nas finanças. Pode fazê-lo presencialmente ou através da internet no portal das finanças. O processo é bastante simples, breve e gratuito.

Basta ter uma noção dos rendimentos que prevê obter, selecionar o CAE da sua atividade e indicar a data prevista de início de atividade.

  • Procurar trabalho em plataformas online

Para conseguir clientes pode ser vantajoso procurar oportunidades em certas plataformas online. Nesta fase é importante ter já uma tabela de preços definida e um portefólio para apresentar aos potenciais clientes.

Algumas plataformas de trabalho freelancer:

Leia sempre com atenção a informação que apresentada em cada uma das vagas.

  • Ter disciplina e saber gerir o ordenado

Lembre-se que como trabalhador independente não tem um salário fixo. É importante fazer uma previsão do salário mensal que irá receber e definir um pequeno orçamento para ter a certeza que não está a gastar mais do que aquilo que ganha.

  • Definir uma rotina de trabalho como freelancer em Portugal

É verdade que pode escolher trabalhar à hora que lhe apetecer, mas não se esqueça que para atingir os objetivos e conseguir entregar o trabalho a tempo tem de conseguir realizar algumas tarefas diariamente. Para um freelancer é imprescindível definir uma rotina de trabalho que se adapte ao seu dia-a-dia e que seja compatível com os seus trabalhos pendentes.

  • Saber separar o trabalho e o descanso

Trabalhar a partir de casa e ser o seu próprio patrão pode dificultar a divisão entre o espaço de trabalho e o de descanso. Não se esqueça de saber tirar o seu tempo de descanso para evitar o burnout. Tenha definidos períodos de pausa e aprenda a dizer que não quando o trabalho interfere com o seu tempo em família ou com o seu descanso.

  • Avaliar os clientes

A melhor parte do trabalho como freelancer é que pode escolher quais são os clientes para os quais pretende trabalhar. Tente compreender o perfil dos clientes que valem a pena. Clientes que nunca ficam satisfeitos e que tentam sempre pagar um valor inferior ao que lhe parece justo não valem a pena. Foque-se nos clientes que tornam o trabalho mais simples e sem complicações.

  • Pedir pré-pagamento

Para evitar ter o trabalho de desenvolver um trabalho até ao fim e não receber uma recompensa pelo tempo despendido, peça um pré-pagamento aos seus clientes. Não precisa de ser o valor total. Pode ser apenas uma parte do pagamento.

Related posts
Bem-Estar no trabalhoEmpreendedorismoFormação & Carreira

Bem-estar financeiro dos colaboradores

Formação & CarreiraNotícias

Estágios Ativar.pt: Candidaturas abertas para jovens desempregados

Direitos do TrabalhadorFormação & Carreira

Ajudas de custo: o que diz a lei e quais os valores?

Direitos do TrabalhadorFormação & Carreira

Viajar em trabalho: direitos e deveres