Quantcast
AutomóveisDicas

O impacto do ar condicionado no gasto de combustível

ar condicionado carro

As pessoas gostam de recorrer ao ar condicionado do automóvel para assegurar maior conforto, enquanto conduzem. Fazem-no regularmente sem pensar nas consequências, seja colocando ar frio no verão, seja colocando ar quente no inverno. No entanto, esse simples gesto pode revelar-se dispendioso. Muitas pessoas desconhecem o impacto que o recurso constante do ar condicionado tem, gerando diversos efeitos negativos, nomeadamente no que ao gasto de combustível diz respeito.

O ar condicionado e o gasto de combustível

Desde o momento em que foi inventado, pouco mudou no sistema de ar condicionado de automóveis. Apesar de boa parte das pessoas pensar que ele funciona somente com recurso a energia da bateria, a verdade é que o seu funcionamento é baseado na física, sobretudo. 

Muitas pessoas desconhecem que o sistema de ar condicionado dos carros recorre ao motor para fazer com que o seu compressor funcione e fá-lo numa ação que é mecânica. É a partir daí que o compressor entra em funcionamento com a colaboração de circuitos elétricos enviados pela bateria. Por isso, quando está calor ele arrefece a temperatura.

É verdade que há um gasto de combustível por parte do ar condicionado. Se queres poupar no combustível, deves ter isso em consideração e não abusares no momento de recorreres ao ar condicionado. A utilização constante do sistema de ar condicionado de automóveis pesa no orçamento, porque aumenta o gasto de combustível.

A maioria das pessoas desconhece que, para o compressor do ar condicionado do carro funcionar, ele exige ao motor mais energia. Esta é mais uma exigência para o motor. Logo, para ele poder desempenhar as suas funções corretamente com esta tarefa adicional, o motor irá necessitar de recorrer a mais combustível.

Como é que o gasto de combustível se processa?

Ao longo dos últimos anos, diversos estudos foram realizados. Há atualmente bastante conhecimento sobre esta matéria. A informação recolhida permite chegar a várias conclusões. Os estudos apresentam cálculos com números assustadores, que revelam conclusões evidentes para quem procura poupar.

Os investigadores defendem que o ar condicionado consome até meio litro de combustível por 1 hora! Assim, recorrer constantemente ao ar condicionado, implica uma subida acentuada do seu consumo. Logo, quem quer poupar deve evitar ao máximo ligar o ar condicionado. 

O valor do consumo de combustível é variável, em função quer do local onde se conduz, quer do veículo que se tem. O consumo de combustível com o uso do ar condicionado varia consoante a tecnologia aplicada no fabrico do sistema de climatização do carro. 

O gasto de combustível devido ao ar condicionado não é sempre o mesmo e varia consoante o local. Quando a condução é realizada na cidade, os gastos são de 30%. No entanto, se a condução for feita na autoestrada, o valor é de 20%.

Ligar ou não ligar o ar condicionado?

Apesar de existir um aumento do combustível numa condução com a utilização de ar condicionado, isso não quer necessariamente dizer que nunca se deve ligar o sistema. Pelo contrário, o ar condicionado até deve ser aconselhado em determinadas circunstâncias.

Ora, depende de ti decidir se, no momento em que estás a conduzir, é ou não indispensável a sua utilização. O sistema de ar condicionado permite assegurar ao condutor e restantes elementos presentes no carro um conforto que pode ser fundamental, possibilitando que haja uma deslocação em segurança. 

Como facilmente se compreende, andar no carro no verão, quando os termómetros sobem e se enfrenta uma onda de calor, torna quase obrigatório recorrer à frescura que o ar condicionado proporciona.

O sistema de ar condicionado promove o nosso bem-estar de diversas formas. Este elemento essencial até permite reduzir a fadiga, além de proporcionar ao condutor uma maior capacidade de concentração. Desta forma, recorrer ao sistema de ar condicionado revela-se um investimento justificável neste tipo de contexto.

O que não deve esquecer…

Apesar do ar condicionado do carro representar um gasto de combustível, 

deve ser usado nos dias mais quentes, porque representa um bom investimento, que contribui para o bem-estar e para a segurança (teu e de quem viaja contigo). 

Resumindo e concluindo, o ar condicionado deve ser utilizado com moderação, para não desperdiçares dinheiro. Usar sempre o sistema de ar condicionado ou nunca o fazer, revelam-se posições extremadas e desadequadas.

É um erro nunca ligar o ar condicionado com a intenção de poupar dinheiro, porque há contextos em que é sensato fazê-lo, para tornar o ambiente mais agradável. É igualmente um erro deixar o ar condicionado sempre ligado, pois isso implica um gasto desnecessário de combustível.

Ora, tendo em conta o conhecimento que se tem à disposição sobre como o sistema de ar condiciona funciona, podemos tomar uma decisão mais informada. Deste modo, deve haver sensatez no momento de conduzir, porque o sistema de ar condicionado assegura conforto e bem-estar. 

Contudo, devemos evitar ao máximo a sua utilização, de modo a poupar alguns euros ao fim do mês.

Related posts
AutomóveisDicas

Como deixar o carro perfumado e a cheirar como novo!

AutomóveisDicas

Dicas para realizar uma limpeza eficiente nos estofos do carro

AutomóveisLegislação

Documento Único Automóvel: Como pedir?

AutomóveisCódigo da Estrada

Multas de estacionamento: quanto tens de pagar quando deixas o carro mal estacionado?