Quantcast
Saúde & Bem EstarSaúde Mental

Saúde Mental na Maternidade: Alertas importantes

Saúde Mental na Maternidade

A saúde mental na maternidade é, ainda muitas vezes, desvalorizada. Numa das alturas mais importantes na vida da mulher, é cada vez mais importante falar sobre o assunto e não romantizar a situação. A depressão na gravidez e no pós-parto existe e é preciso estar em cima do acontecimento.
Sendo para muitas mulheres uma fase da vida mais vulnerável, onde podemos culpar sempre as alterações hormonais, é também preciso ter consciência de que, se as mães estão a sofrer, os bebés também estão, e é preciso agir.

Muitas vezes negligenciada, a saúde mental na maternidade é fundamental neste período de adaptação para todos lá em casa. Numa fase cheia de desafios, a rede de apoio é fundamental, seja por parte dos familiares e amigos mais próximos, como da equipa médica que acompanha a família. 

A saúde mental na Maternidade afeta cada vez mais o sexo feminino e estima-se que cerca de 20% a 35% contrai episódios depressivos na gravidez e que a depressão pós-parto afeta cerca de 10% a 20%.
Estas alterações de humor e de estado de espírito podem ser controladas, com a ajuda de um profissional de saúde que encontrará a melhor forma e tratamento para reencontrar a calma e o equilíbrio.

Deixamos-te algumas sugestões que podem contribuir para uma fase mais positiva:

Pedir ajuda não é falhar, é um acto de amor

O medo, a ansiedade, o cansaço e a privação de sono, assim como todas as dúvidas são normais, mas é essencial ter um acompanhamento por parte do companheiro, como também de uma equipa médica, para minimizar as causas dos receios e contribuir para uma boa saúde mental na maternidade.
Há muitas formas de atenuar estes sentimentos, a partilha e a comunicação é fundamental entre casal e é muito importante para que juntos possam viver a gravidez de forma plena.

A união faz a força

É essencial a união entre o casal na concepção da gravidez e na ligação durante todo o processo,  por isso, se algo não está bem, é aconselhado recorrer à terapia de casal, para que juntos possam resolver algumas questões que estejam a ser prejudiciais para a relação.
Em paralelo, a rede de apoio perto do casal na fase pós parto é fundamental, para que os pais possam descansar e manter alguma rotina para equílibrio pessoal e claro, do casal.

Aposta nos cursos de preparação para a maternidade

Por outro lado, a vasta oferta em cursos pré natal e preparação para o parto é muito interessante hoje em dia. É normal ter dúvidas sobre todo este novo mundo, e esta ajuda é fundamental para combater medos e receios dos recém-papás.
Numa fase mais próxima do parto e com a chegada do novo elemento da família, a presença de um profissional pode ser essencial com os novos desafios a ter em conta, como o processo de amamentação e adaptação do bebé ao mundo exterior.

Manter a rotina e hábitos saudáveis

É ainda muito importante que a mulher consiga ter uma rede de apoio que a permita ter tempo para si e não deixar de lado hábitos que são essenciais para a sua saúde física e mental e distanciar-se ainda que por momentos, da rotina diária que complementa o bebé. Podes consultar aqui alguns hábitos saudáveis que podes inserir no teu dia-a-dia e ajudar a contribuir para o teu bem-estar.

É fundamental perceber que todas as mulheres são diferentes e esta fase pode ser muito distante da realidade que muitas vezes queremos seguir com base no mundo cor de rosa que a sociedade faz sobre a maternidade. Aprende a conhecer os teus limites, respeita-os e se necessário, procura ajuda de profissionais especializados

Se estás a passar por isto, e acreditas que a tua saúde mental na maternidade possa estar comprometida, pede ajuda!

O Ministério da Saúde disponibiliza linhas de apoio para que possas recorrer à ajuda de profissionais sempre que precisares.







Related posts
NutriçãoSaúde & Bem Estar

Benefícios dos alimentos ricos em ómega 3

NutriçãoSaúde & Bem Estar

Golden Milk: uma bebida milenar benéfica para o teu organismo

Saúde & Bem EstarSaúde Mental

Ansiedade: identifica os sintomas e descobre como prevenir

SaúdeSaúde & Bem Estar

Ácido úrico elevado: o que é, sintomas e causas