Quantcast
NutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Intolerância Alimentar: o que é, tipos, sintomas e como tratar?

Intolerância alimentar

Intolerância alimentar não é algo assim tão raro, com um quarto da população portuguesa a sofrer com este tipo de reação do organismo, pelo que é importante permanecer informado e saber como lidar com a situação.

O que é? 

De acordo com a Unidade de Nutrição do Hospital Lusíadas Lisboa, as intolerâncias alimentares “são reações adversas, reprodutíveis, aos alimentos que não envolvem o sistema imunitário e podem resultar, por exemplo, de défice de enzimas”.

Esta hipersensibilidade a certas comidas é diferente de uma alergia alimentar, que é também uma reação adversa, mas mediada pelo sistema imunitário, que considera determinado alimento um “agressor”.

Sintomas de uma intolerância alimentar:

  • Perturbações gastrointestinais, como cólicas, flatulência, diarreia, obstipação, etc;
  • Condições dermatológicas, como eczema, urticária, acne, psoríase;
  • Transtornos psicológicos, como ansiedade ou hiperatividade;
  • Problemas respiratórios, como asma, rinite e insuficiência respiratória;
  • Outros sintomas, como retenção de líquidos ou obesidade.

Principais tipos de intolerância alimentar:

Na verdade, existem diversos tipos de intolerância alimentar, sendo que as mais comuns são relativas à lactose e ao glúten.

A primeira ocorre devido a uma deficiência na atividade, ou até ausência, da lactase, a enzima responsável por auxiliar o organismo na digestão da lactose, um açúcar presente no leite. Esta intolerância alimentar é mais frequente em adultos. Sintomas como flatulência e desconfortos abdominais são os mais assíduos em pessoas com intolerância à lactose.

Relativamente à hipersensibilidade ao glúten, ou doença celíaca, é a intolerância alimentar mais comum, de acordo com Jornal Português da Gastroenterologia, sendo a incapacidade de processar este conjunto de proteínas presente no interior alguns cereais, como o trigo ou a cevada. Manifesta-se, à semelhança da intolerância à lactose, ao nível gastrointestinal, através de sintomas como diarreia ou inchaço abdominal.

O que fazer?

A principal (e talvez única!) a maneira de lidar com uma intolerância alimentar passa pela elaboração de uma dieta rigorosa, sendo, em primeiro lugar, importante entender quais os alimentos causadores do problema, realizando uma reintrodução progressiva de determinada comida de modo a realizar um diagnóstico preciso.

A partir daí, deve eliminar ou diminuir substancialmente a quantidade desses alimentos da sua dieta, podendo até recorrer, em casos de deficiência enzimática, a suplementos.

Não descartando acompanhamento profissional, é pertinente informar, numa nota mais positiva, que, por vezes, estas intolerâncias desaparecem algum tempo depois de abdicar do consumo desses alimentos.

Related posts
NutriçãoSaúde & Bem Estar

Benefícios dos alimentos ricos em ómega 3

NutriçãoSaúde & Bem Estar

Golden Milk: uma bebida milenar benéfica para o teu organismo

Saúde & Bem EstarSaúde Mental

Ansiedade: identifica os sintomas e descobre como prevenir

SaúdeSaúde & Bem Estar

Ácido úrico elevado: o que é, sintomas e causas