Quantcast
FinançasFinanças PessoaisNacional

Cashback: o que é e como funciona?

Cashback

Temos tendência a associar o cartão de crédito a custos, mas há uma funcionalidade chamada cashback que desconstrói esta ideia. 

O que é o Cashback?

Para além de descontos em coisas tão variadas como Combustíveis, Moda ou Eletrodomésticos, alguns dos cartões de crédito que existem no mercado financeiro português vêm com cashback. Mas, afinal de contas, o que é o Cashback?

O cashback, ou “devolução”, em português, é uma das muitas vantagens que o cartão de crédito oferece aos consumidores e, na prática, traduz-se na possibilidade do seu detentor receber de volta uma percentagem do que gastou no mês seguinte.

O valor que será devolvido ao consumidor, contudo, dependerá sempre de uma percentagem pré-estabelecida pelo banco ou pela instituição financeira que emitiu o cartão. Por norma, esta percentagem varia entre 1% e 3%.

Assim, quanto mais gastar com o seu cartão de crédito, mais dinheiro irá receber (até ao limite de cashback instituído pelo banco emissor do cartão). Por isso, torna-se preferível utilizar este tipo de cartão de crédito em compras de valor mais elevado de modo a maximizar o valor devolvido no mês seguinte.

Como a percentagem de cashback difere de banco para banco, é importante que, antes de contratualizar um destes cartões verifique a qual o cashback oferecido, bem como a taxa de juro a ele referente.

Como nota de rodapé, é importante referir que também existem cartões com cashback de marcas e lojas que configuram um programa de fidelização que, na prática, permitem-lhe receber, no cartão da loja, uma percentagem das compras que fizer.

Como funciona?

Como já deve ter percebido, um cartão de crédito com cashback funciona como um incentivo a que utilize este meio de pagamento de forma mais recorrente, uma vez que lhe permite receber de volta uma percentagem daquilo que gastou.

Para que possa beneficiar desta “devolução”, é apenas necessário que realize compras e as pague recorrendo a um cartão de crédito com cashback sendo que, posteriormente, o dinheiro será creditado na conta associada ao cartão ou, em alternativa, poderá utilizar o dinheiro que lhe será devolvido em parceiros da instituição emissora, consoante as condições de utilização.

Quanto aos cartões de loja ou de marca com cashback, estes pertencem, por norma, a programas de fidelização ou apps associadas. Assim, sempre que fizer compras em determinada loja e apresentar o cartão ou app na hora do pagamento, a percentagem de cashback que receberá de volta ficará acumulada no cartão, podendo ser utilizada numa comporá futura na mesma loja.

A possibilidade de receber de volta uma percentagem do que gastou é, de facto, a grande vantagem de um cartão de crédito com cashback, mas como é que isso de aplica na prática.

Exemplo 

Vejamos o exemplo da Catarina. A Catarina tem um cartão de crédito com cashback que lhe permite receber 2% do dinheiro gasto com o cartão no pagamento da eletricidade, gás, água e Internet e 1% nas restantes despesas.

Por norma, a Catarina gasta 300 euros nas contas da casa e outros 300 em compras variadas (supermercado, combustível, etc.) e recebe de volta, mensalmente, 9 euros, o que perfaz uma poupança de 108 euros por ano.

Contas da casa: 300€ x 12 x 2% = 72€

Outras compras: 300€ x 12 x 1% = 36€

Total: 108€/ano

_

Leia também: Créditos: saiba como calcular a taxa de esforço

Related posts
CréditosFinançasNacional

Reserva de Imóvel: sabe o que é?

FinançasFinanças PessoaisNacional

Pagamento do IRS em prestações: Como e quem pode pedir?

FinançasFinanças PessoaisNacional

SPIN: a nova forma de transferir dinheiro com o número de telemóvel

CréditosFinançasFinanças PessoaisInvestimentosNacional

Tem até 35 anos e quer comprar casa?