Início » Entretenimento » Três anos depois, os Óscares voltam a ter apresentador
Cinema Entretenimento

Três anos depois, os Óscares voltam a ter apresentador

três anos

Segundo anunciou, esta terça-feira, o canal televisivo ABC, responsável por transmitir a cerimónia dos Óscares, o evento terá, pela primeira vez em três anos, um apresentador.

O presidente da ABC Entertainment, Craig Erwich, num painel de discussão organizado pela Television Critics Association, afirmou “que os Óscares vão ter um apresentador este ano”.

Erwich não quis, todavia, revelar mais pormenores, sendo que não aceitou confirmar se Jimmy Kimmel estará novamente, e pela terceira vez consecutiva, encarregue de apresentar a cerimónia dos Óscares, dado que assumiu o papel em 2017 e, há cerca de três anos, em 2018.

A cerimónia dos principais prémios do cinema norte-americano tem a sua 94ª edição agendada para 27 de março, regressando a Hollywood e ao popular Dolby Theatre.

Recorde-se que, na última edição, a pandemia da covid-19 obrigou a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas a realizar o evento na grande estação de comboios no centro de Los Angeles.

A transmissão televisiva desta mesma cerimónia alcançou a marca dos 10 milhões de espectadores, tendo sido um decréscimo de 56% relativamente a 2020, que registou, igualmente, audiências historicamente baixas.

Em 2019, a cerimónia também não contou com a presença de um apresentador, visto que o comediante Kevin Hart renunciou à função host depois de terem surgido antigos tweets considerados homofóbicos na sua conta oficial.

Subscreva para receber o mais recente conteúdo sobre cultura, entretenimento e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Publicidade

Sobre o autor

Entretenimento

Adicionar Comentário

Clique aqui para enviar um comentário