Início » Saúde e Beleza » A sua alimentação pode ajudar o planeta? Especialistas dizem que sim!
Nutrição Saúde e Beleza

A sua alimentação pode ajudar o planeta? Especialistas dizem que sim!

alimentação

De acordo com um novo estudo, diversos produtos destinados à alimentação, como pão ou sumos de fruta, têm um impacto ambiental reduzido.

Segundo uma investigação que analisou perto de 57.000 produtos vendidos em supermercados no Reino Unido e na Irlanda, uma alimentação à base de plantas têm uma menor carga ambiental.

Conforme indica o estudo, publicado na revista científica “PNAS”, substituir ​​“carne, laticínios e ovos por alternativas à base de plantas pode trazer grandes benefícios ambientais”.

Ao contrário de alimentos como carne (nomeadamente carnes vermelhas), peixe e queijo, que têm um forte impacto ambiental, comidas como pão, cereais e alguns doces, como bolachas e bolos, revelam uma carga relativamente baixa.

Os especialistas responsáveis pelo estudo indicam, ainda, que transições alimentares “menores” podem também ajudar o planeta, como substituir um prato como lasanha de carne de vaca, por lasanha de frango ou até mesmo vegetariana.

Na avaliação do impacto ambiental de cada alimento, este grupo de investigadores teve quatro fatores em consideração, sendo estes o uso de recursos hídricos limitados, emissões de gases de efeito estufa, uso da terra e poluição da água.

Os autores procuraram igualmente cruzar os resultados da investigação mas qualidades nutricionais de cada alimento, como forma de auxiliar os consumidores a comprar de maneira mais sustentável, mas sem comprometer a sua saúde.

Bebidas como refrigerantes e sumos de fruta estão entre os alimentos que revelam menor impacto ambiental, apesar do seu baixo valor nutricional. Ainda assim, os investigadores acreditam que a maioria dos produtos mais sustentáveis são tendencialmente a opção mais nutritiva.

Segundo os especialistas, outros trabalhos já tinham realizado avanços neste campo, sendo que este estudo diferencia-se no sentido em que foram também analisados produtos compostos por vários ingredientes, como molhos ou pratos já preparados.

Visto que a quantidade de cada ingrediente usada na maioria desses produtos é considerada segredo comercial, os investigadores viram-se forçados a desenvolver um algoritmo baseado em algumas informações conhecidas, como forma de observar a proporção de ingredientes ausentes.

Os autores do estudo referiram, no entanto, que conhecer melhor as dosagens e a origem de diversos ingredientes presentes nos diferentes produtos alimentícios pode ajudar a determinar com maior precisão o seu impacto no planeta.

Sabia que ouvir a sua música preferida pode ajudar a reduzir as dores que sente no corpo? Leia mais!

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade