Início » Saúde e Beleza » Água gelada pode ajudar com depressão e ansiedade
Saúde e Beleza Saúde e Bem-Estar

Água gelada pode ajudar com depressão e ansiedade

água gelada

A técnica de imersão em água gelada popularizada por Wim Hof, speaker motivacional, combina meditação com exposição ao frio.

A prática de imersão em água gelada, com o nome de crioterapia, é algo a que diversos atletas recorrem como forma de terapia muscular, depois de sessões intensas ou de longa duração de prática desportiva.

De acordo com o jornal “Metrópoles”, a crioterapia está a começar a popularizar-se no combate ao stress, ansiedade e depressão.

Esta técnica foi, inicialmente, difundida pelo guru do fitness e speaker motivacional holandês, Wim Hof.

Segundo o educador físico e professor fundador da escola Pratique Movimento de Brasília, Rodrigo Salu Lima, em conversa com o “Metrópoles”, a “decisão de entrar numa banheira de gelo gera stress no corpo, mas só é negativo quando não é uma escolha feita por nós”.

O jornal escreve que, para além de aliviar a fadiga muscular, estudos concluem que banhos gelados ajudam a lidar com o stress, a ansiedade, e depressão, aprimorando o humor e o bem-estar. A pesquisa sobre o tópico, até ao momento, no entanto, é limitada.

De acordo com Rodrigo Salu Lima, “As pessoas ficam mais atentas e calmas ao longo do dia, com disposição para estudar, trabalhar sem ficar muito agitado. É muito comum as pessoas relatarem que se livraram de medicamentos para a depressão”.

O professor mencionou, ainda, que a imersão no gelo deve ser feita sob a orientação de um profissional qualificado.

Saiba também como exercício físico após a vacinação pode aumentar a proteção.

Escrito por João Serra

Publicidade

Publicidade