Início » Herald Social » Hidratação no Verão.
Saúde e Bem-Estar

Hidratação no Verão.

Hidratação no Verão

É fácil esquecermo-nos de beber água, mas a hidratação, sobretudo quando as temperaturas sobem, torna-se essencial para que possamos manter o equilíbrio hídrico do nosso corpo.

A água intervém em funções essenciais do organismo, uma vez que participa na generalidade dos processos fisiológicos, podendo causar danos quando a ingestão de água é deficitária, facto que acontece com maior frequência no verão.

Benefícios e funções da água no organismo humano

Cerca de 50% a 70% do nosso corpo é constituído por água, sendo por isso a sua ingestão de extrema importância, entre outros, na regulação da temperatura corporal, na manutenção das funções físicas e cognitivas normais, no transporte de nutrientes, na eliminação de resíduos metabólicos através da urina e no bom funcionamento dos processos de digestão, absorção e em reações metabólicas.

Para além disto, ingerir água nas quantidades recomendadas diariamente, são fulcrais na hidratação da pele, ajudando a mitigar os sinais de envelhecimento e a reforçar a sua elasticidade.

Entre os benefícios da hidratação encontram-se ainda, de acordo com alguns estudos, a ingestão de menos calorias, menos gordura total e saturada, menos açúcar e menos sal, o que terá efeitos benéficos não só nos valores de “mau colesterol” e na diminuição do risco de doença cardiovascular.

Recomendações diárias para a ingestão de água

Com o envelhecimento, as necessidades do nosso corpo em termos de água baixam. Este não é, contudo, o único fator que interfere no cálculo da dose diária de água que devemos ingerir.

A gravidez, nomeadamente o período de lactação, as doenças, a prática de atividade física ou, como referimos, a chegada do verão e das altas temperaturas influem no calculo das nossas necessidades diárias de H2O.

De acordo com a European Food Safety Authority (EFSA) e o Instituto de Hidratação e Saúde, as recomendações sobre a ingestão diária de água (em litros) para a população portuguesa assinalam que:

Faixa etária               Feminino       Masculino

Crianças 2-3 anos           1,0L                     1,0L

Crianças 4-8 anos           1,2L                     1,2L

Crianças 9-13 anos         1,4L                     1,6L

Adolescentes e Adultos 1,5L                     1,9L

No caso dos adolescentes e dos adultos, para além da recomendação da ingestão de, pelo menos, 1,5 litros diários de água, deve ainda ser considerada a esta quantidade, aquela que é ingerida através dos alimentos e do seu modo de confeção.

Uma nota: apesar da hidratação no verão ser de extrema importância, a ingestão de água deverá ser faseada ao longo do dia e não se deve esperar pela sensação de sede, sinal de desidratação.

Publicidade

Publicidade