Quantcast
Lifestyle

Quatro lojas vintage em Lisboa obrigatórias para quem ama roupa em segunda mão

Quatro lojas vintage

De casacos a saias, de sapatos a bandoletes, a vintage fashion não se fica pela roupa, dado que a mesma em segunda mão contribui para um consumo mais ético e uma maior sustentabilidade no mundo da moda. Ora, a grande capital portuguesa nunca ficou indiferente a este movimento, pelo que criámos uma lista de quatro lojas vintage obrigatórias de visitar para os amantes da indumentária clássica.

1 – A Outra Face da Lua

Fundada em 22 de outubro de 2005, na Baixa Pombalina, A Outra Face da Lua mostrou e deu à capital de Portugal o que esta tem de alma vintage, hoje em dia.

Esta loja deixa bem claro que a roupa em segunda mão não é apenas uma tendência, mas também um ideal que promove a sustentabilidade e o consumo ético. 

A Outra Face da Lua declara, no seu website, que a cultura desta loja se baseia na crença de que a roupa vintage é uma “solução para o futuro” e vivem pelo lema “In vintage we trust”.

2 – Pop Closet

No coração de Lisboa, mesmo no Chiado, ao lado do Convento do Carmo, localiza-se uma pequena loja que luta por diferenciar o que em si é diferente. 

A Pop Closet é uma loja vintage longe de ser uma loja vintage. Em conversa com a Time Out, o dono desta pequena e única butique afirma que o que distingue a Pop Closet das restantes lojas de moda vintage é que a seleção desta “é feita de forma a parecer que são de agora. São iguais às que estão a aparecer nas passerelles”.

Focado num futuro mais sustentável e adornado com mobília reciclada e recuperada, este espaço está dividido em duas salas, ambas com muito que ver.

3 – Boudoir Vintage Boutique

Numa das avenidas mais conhecidas de Lisboa está um espaço que atrai pela sua mistura de atrevimento e classe. A Boudoir Vintage Boutique, localizada na Avenida Almirante Reis, é loja vintage inspirada, como o próprio nome grita, no conceito boudoir, e procura destacar-se pelo seu catálogo de lingerie, loungewear e roupa de palco clássicos, mas tendo sempre em conta a moda vintage no geral.

Fundada pela personalidade criadora dos Anjos 70, bem como da Feira das Almas (agora Fleamarket), Catarina Querido, a Boudoir Vintage Boutique contribui para um movimento vintage sustentável com preços justos.

4 – Flamingos Vintage Kilo

Para entrar numa máquina do tempo, mais vale ser em estilo. Ora, melhor não há para viagens ao passado que a Flamingos Vintage Kilo.

Esta marca de roupa em segunda mão espanhola, com loja na Baixa Pombalina, vende moda vintage 100% americana.

Quer seja viver os cenários de “Friends”, ou entrar em palco com Elvis Presley, este espaço oferece de tudo para conseguirmos viver diferentes décadas americanas, graças à versatilidade do catálogo.

O que distingue esta loja das restantes? O preço é feito ao quilo, como se de uma mercearia se tratasse e está recheada de todo o tipo de artigos, dos desportivos aos formais.

Escrito por João Serra

Related posts
Casa & DecoraçãoLifestyle

8 dicas de Feng Shui para um quarto equilibrado

Casa & DecoraçãoLifestyle

Oosouji: o método japonês para limpar a casa

Casa & DecoraçãoLifestyle

Como remodelar a cozinha sem obras?

Casa & DecoraçãoLifestyle

Bases de duche: como escolher a ideal para a tua casa de banho?