Quantcast
Saúde & Bem EstarSaúde Mental

A ligação entre Alimentação e a Saúde Mental

A ligação entre Alimentação e Saúde Mental

Há muito tempo que os cientistas e profissionais defendem a ligação que a alimentação tem na nossa saúde em geral, e como muitos alimentos contribuem para que o nosso corpo responda e funcione de forma mais positiva às nossas necessidades. O que muita gente desconhece é que, também os alimentos, são ótimos aliados para a nossa saúde mental. A alimentação e a saúde mental andam de mãos dadas!

Descobre como a alimentação e a saúde mental estão ligadas!

Sabias que uma dieta equilibrada rica em nutrientes, como frutas, legumes, grãos integrais, proteínas magras e gorduras saudáveis, pode ajudar a melhorar a função cerebral, aumentar a energia e a estabilização do humor?

Por isso se achas que está na hora de rever a tua alimentação e a tua saúde mental, este é o momento certo.

Estima-se que as doenças mentais afectam cerca de 16,7% da população em Portugal, principalmente as mulheres, por isso é fundamental encontrar um equilíbrio e um padrão alimentar saudável que poderão ser eficazes na redução do risco de depressão.

Procuras aliar a tua alimentação à saúde mental?
Sugerimos então algumas dicas que te podem ajudar a reestabelecer os teus comportamentos alimentares e aliá-los à tua saúde mental.

1. Alimenta-te, esta é a base de tudo!


Sim, é isso mesmo. Para que o nosso corpo e o cérebro funcione de forma saudável, é preciso ingerir um número regular e equilibrado de nutrientes, nomeadamente de glicose- principal fornecedor de energia, preferencialmente provenientes de hidratos de carbono.
Podes encontrá-los nos cereais integrais, por exemplo.
Evita demasiado açúcar, pois é prejudicial para a tua saúde.

2. Inclui verdumes, legumes e hortícolas na tua alimentação.


Escusado será dizer o quão importantes elas são para o teu bem estar físico e também mental. São alimentos ricos essencialmente em vitaminas do complexo B, que se mostram efetivos na prevenção da depressão.

3. Gordura com conta, peso e medida.


Sim, é necessário ingerir gorduras boas, mas de forma responsável e equilibrada.
A gordura é um importante componente celular do cérebro (50% da sua constituição), pelo que é essencial para a manutenção da saúde mental.

4. Proteína em todas as refeições.


A proteína que encontramos na carne, no peixe, nos ovos, leite e nos seus derivados, para além de ser rica em vitamina B12 (importante nos transtornos psiquiátricos), garante também que ingerimos a quantidade adequada de nutrientes que aparentam poder ter efeitos benéficos na saúde neurológica e cerebral.

5. Hidrata-te. Bebe água.


O consumo de água é extremamente importante, pelo que deve ser a tua bebida de eleição. Mais de 70% do nosso corpo é composto por água e é fundamental mantermo-nos hidratados. Evita bebidas alcoólicas e com excesso de cafeína e açúcares. Vai contribuir sem dúvida para que te sintas mais saudável e com mais energia. 


Não ponhas em causa a tua saúde. Alimenta-te bem e verás os benefícios que trará para a tua vida e para a ti.
Encontra mais artigos sobre saúde e bem estar aqui!

Related posts
SaúdeSaúde & Bem Estar

Baixas médicas: o que muda em 2024?

FitnessNutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Sal: benefícios, cuidados a ter e alternativas

SaúdeSaúde & Bem Estar

Amigdalite e adenoidite: quais as diferenças?

NutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Reforçar o sistema imunitário no Inverno com 5 alimentos