Quantcast
AutomóveisCarros ElétricosDicas

Rede MOBI.E: como funciona?

Rede Mobi.e: como funciona?

A rede MOBI.E oferece um serviço que promete facilitar a vida a todos os condutores de veículos elétricos. Neste artigo mostramos-te o que é a Rede MOBI.E, como funciona e como ter acesso aos seus serviços.

Os veículos elétricos são uma alternativa mais sustentável e amiga do ambiente aos veículos a combustão interna. No entanto, um dos principais desafios da utilização dos veículos internos é a infraestrutura de carregamento. 

Os veículos elétricos precisam de ser carregados regularmente, o que significa que é essencial que existam postos de carregamento disponíveis em locais convenientes. Nesse sentido, a Rede MOBI.E facilita a vida a todos os condutores de veículos elétricos, disponibilizando mais de 3 mil postos de carregamento em Portugal.

O que é a Rede MOBI.E?

A MOBI.E é uma rede de postos de carregamento para veículos elétricos, situados em espaços de acesso público. Atualmente, a rede conta com mais de 3900 postos de carregamento de acesso público em todo o país.

Os postos são compostos por um módulo que estabelece a comunicação entre o utilizador e a rede. Tens a possibilidade de carregar as baterias dos veículos elétricos em quatro modalidades distintas: 

  • Normal, inferiores a 7,4 kW; 
  • Semirrápido, de 7,4 kW até 22 kW, inclusive; 
  • Rápido, superiores a 22 kW até 150 kW; 
  • Ultrarrápido, iguais ou superiores a 150 kW.

Quanto demora a carregar?

Apesar da duração do carregamento do veículo elétrico estar dependentes das características do carregador do mesmo, podes ter uma pequena ideia através dos valores de referência de cada posto:

  • Carregamento lento: carregamento que pode demorar mais de 8 horas, adequado a zonas habitacionais onde não existam garagens, permitindo que os residentes carreguem os seus veículos elétricos durante toda a noite;
  • Carregamento semirrápido: carregamento máximo até 4 horas, situado em zonas habitacionais de grande densidade, pois permite uma maior rotação;
  • Carregamento rápido: carregamento máximo entre 1h-1h30m, em zonas comerciais de grande procura ou zonas de serviços;
  • Carregamento ultrarrápido: carregamento com duração máxima de 1 hora, em zonas de grande rotatividade, como autoestradas.

Tem especial atenção à capacidade de carregamento do teu veículo elétrico. Por exemplo, os veículos plug in não podem utilizar postos rápidos e ultra rápidos.

Como utilizar a rede MOBI.E?

Para utilizares a Rede MOBI.E, basta pedires um cartão de mobilidade elétrica e celebrares um contrato com um dos Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica (CEME). Estas entidades vendem a energia elétrica aos utilizadores de veículos elétricos, para carregamento das baterias dos seus veículos nos pontos de carregamento da Rede MOBI.E.

Se queres ajuda a escolher a comercializadora do teu cartão, dá uma vista de olhos neste comparador de preços de comercializadores.

Depois, dirige-te a qualquer posto de carregamento disponível mais próximo de ti e, através do cartão ou da app do CEME escolhido e carrega o teu veículo.

Quanto custa carregar o veículo elétrico na Rede MOBI.E?

O custo total do carregamento do veículo é calculado de acordo com os seguintes custos associados, independentemente do CEME escolhido:

  • Valor contratual de fornecimento da energia e outros serviços;
  • Valor de disponibilização do posto de carregamento;
  • Valor referente às tarifas de acesso à rede para a mobilidade elétrica, reguladas pela ERSE;
  • IEC — Imposto Especial sobre o Consumo; 
  • Valor referente à gestão da rede, a cobrar pela MOBI.E; 
  • IVA.

A faturação ocorre, preferencialmente, de forma mensal. A fatura que receberás deve discriminar os montantes associados ao teu contrato.

Related posts
AutomóveisEventos

Carro do ano 2024: os finalistas

AutomóveisDicasManutenção

Como poupar na manutenção do carro?

AutomóveisManutenção

Avarias graves: o que fazer para evitar?

AutomóveisDicasManutenção

Carro parado? Vê quais os cuidados a ter