Quantcast
CarreiraDicasFormação & CarreiraTendências

Habilidades em alta até 2025

habilidades em alta

O mercado de trabalho está em constante transformação. A evolução natural do trabalho e as crescentes demandas dos empregadores criam uma certa urgência em desenvolver e aprimorar competências ditas essenciais. Segundo os especialistas existe uma série de habilidades que todos os empregadores procuram e que vão estar em alta no mercado de trabalho até 2025. O nível de desenvolvimento de cada umas depende do tipo de atividade que se exerce e não se espera que estejam todas desenvolvidas ao máximo. Conheça as habilidades que não podem faltar para um bom desempenho profissional segundo o Fórum Económico Mundial.

  1. Pensamento analítico e inovação

Saber argumentar e inovar é essencial. Espera-se que o profissional seja capaz de decompor as ideias em partes mais simples e que saiba aplicar os dados disponíveis na avaliação dos processos das empresas.

  1. Active learning e estratégias de aprendizagem

O active learning tem um grande impacto na qualidade de execução de qualquer atividade. Profissionais que gostem de investir na sua formação e que aprendam rapidamente são cada vez mais procurados.

  1. Resolução de problemas

Saber encontrar soluções para os problemas de forma eficaz e eficiente é outra competência que não pode faltar num bom profissional. 

  1. Pensamento crítico

Além de saber usar os dados a favor da resolução de problemas, é essencial ter espírito critico, saber apontar as vantagens e desvantagens de cada ação de modo a desenvolver melhores processos e garantir a melhoria constante dos negócios.

  1. Criatividade

Uma das habilidades chave é a criatividade. Os espíritos mais criativos levam tendencialmente às mudanças mais arrojadas e revolucionárias.

  1. Liderança

Os profissionais com capacidade de orientar, estimular e manter a motivação são geralmente os escolhidos para os cargos de topo. Ser um bom líder implica ter em conta os pontos fortes de cada um da equipa, saber ouvir e direcionar de modo a fazer o melhor aproveitamento dos recursos.

  1. Uso de tecnologias

Com os desenvolvimentos da tecnologia e com o mundo a avançar em direção ao digital, saber fazer uso da tecnologia é primordial.

  1. Programação

No seguimento do tópico anterior, conhecer alguma linguagem de programação é uma das habilidades mais procuradas atualmente.

  1. Resiliência e flexibilidade

Ser resiliente e flexível permite superar mais facilmente obstáculos que possam surgir. Desenvolver essa capacidade ajuda a manter a motivação e desenvolver novas oportunidades mesmo nos meios mais adversos.

  1. Raciocínio lógico

O raciocínio lógico é outra competência-chave especialmente útil para a resolução de problemas.

  1. Inteligência emocional

Ter a capacidade de entender as emoções das pessoas com quem se interage e saber gerir as suas próprias emoções também está na lista. A verdade é que a inteligência emocional tem um grande peso no relacionamento com os clientes, fornecedores e na gestão da própria equipa.

  1. Persuasão e negociação

A persuasão e a capacidade de negociação são duas competências que andam lado a lado. São importantes não só para ajudar a fechar negócios como nas próprias relações interpessoais. A linguagem corporal, a confiança e a gestão emocional são os seus principais pilares.

Related posts
Direitos do TrabalhadorFormação & Carreira

Contrato de trabalho a termo certo: quantas vezes pode ser renovado

Direitos do TrabalhadorFormação & Carreira

Horário laboral: tudo o que precisas de saber

CarreiraFormação & Carreira

Como pedir o registo criminal?

CursosFormação & CarreiraNotícias

Cheque Formação + Digital: como pedir o apoio de 750 euros