Quantcast
LifestyleSustentabilidade

Hidrogénio verde: a energia do futuro

Hidrogénio verde: a energia do futuro

Os países de todo o mundo comprometeram-se com o objetivo de descarbonizar o planeta até 2050. Na prossecução deste objetivo, a descarbonização da produção de hidrogénio para dar origem a um hidrogénio verde é crucial, já que este contribui atualmente para mais de 2% das emissões globais de CO2. Neste artigo, exploramos o que é o hidrogénio verde e qual a sua importância.

O hidrogénio verde refere-se produção de hidrogénio — um combustível leve e altamente reativo — através do processo de eletrólise, utilizando fontes de energia renováveis, como a energia eólica ou solar. 

Os métodos tradicionais de produção de hidrogénio dependem de combustíveis fósseis. Por outro lado, o hidrogénio verde gera-se a partir da divisão das moléculas de água em átomos de hidrogénio e oxigénio. Ao utilizar eletricidade a partir de fontes renováveis, produz-se energia sem emitir CO2 para a atmosfera.

A importância do hidrogénio verde 

Com o hidrogénio verde como ponte, a eletricidade verde pode ser transformada em combustível para transportes ou como matéria-prima em processos industriais, onde atualmente não existem alternativas neutras para o clima. 

O hidrogénio verde e os combustíveis derivados, como o amoníaco verde, permitir-nos-ão colocar a energia eólica no depósito de combustível de um navio porta-contentores. Dets maneira, vai permitir que as indústrias mais difíceis de descarbonizar, façam a sua transição para longe dos combustíveis fósseis.  

Por consequência das dificuldades de armazenamento das fontes de energia renováveis, como a eólica e a solar, pode ser muito útil para armazenar o excesso de energia. Desta forma, o hidrogénio pode alargar significativamente o potencial de descarbonização das fontes de energia renováveis.

Por fim, é bastante versátil. Na medida em que podes utilizar em várias aplicações, como explicamos de seguida.

Onde pode ser utilizado?

  • Transportes;
  • Indústria;
  • Produção de energia;
  • Sistemas de aquecimento.

Vantagens do hidrogénio verde 

  • O hidrogénio é o elemento mais abundante no universo, o que o torna uma fonte inesgotável de energia;
  • Não emite gases com efeito de estufa durante a sua produção ou utilização, ao contrário dos combustíveis fósseis;
  • Pode-se utilizar de forma flexível numa variedade de aplicações, incluindo a transmissão, produção e armazenamento de energia;
  • Pode-se utilizar em veículos movidos a hidrogénio, como comboios, navios e aviões, eliminando as emissões de poluentes atmosféricos nos transportes; 
  • Trata-se de um tipo de energia que pode-se armazenar para utilização futura; 

Desafios e limitações

Apesar de ser 100% sustentável e versátil, o hidrogénio verde é caro de produzir devido ao custo da energia proveniente das fontes renováveis que são fundamentais para a sua produção através da eletrólise. 

Além disso, é necessária mais energia do que outros combustíveis para produzir qualquer tipo de hidrogénio, especialmente o verde. 

Por último, o hidrogénio é extremamente volátil e inflamável, o que significa que têm de se implementar medidas de segurança abrangentes para evitar explosões ou fugas. Isto exige o desenvolvimento de uma infraestrutura robusta para a sua produção, armazenamento e distribuição. 

Se pretendes saber mais sobre este tema, dá uma vista de olhos a estes webinars da Iberdrola.

Related posts
Casa & DecoraçãoLifestyle

Soluções para poupar energia em casa

Casa & DecoraçãoLifestyle

Dicas para renovar a casa de banho

Casa & DecoraçãoLifestyle

Obras em casa: tudo o que precisas de saber

Casa & DecoraçãoLifestyle

Isolamento térmico: importância e benefícios