Quantcast
NutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Alimentação: quais são as hormonas que regulam o peso

hormonas que regulam o peso

Na procura por um estilo de vida mais saudável, saiba quais as principais hormonas que regulam o peso e aprenda a controlá-las!

Como mecanismo de regulação dos sistemas fisiológicos do corpo, o nosso organismo produz hormonas, sendo que aquilo que escolhemos ingerir tem enorme influência nestes processos.

Um equilíbrio hormonal é essencial para um bom funcionamento do corpo e a incorporação de determinados alimentos (ou a exclusão de outros) na nossa dieta pode restaurar e aprimorar a composição hormonal do nosso organismo. 

Saiba, então, quais são as principais hormonas que regulam o peso e como pode dominá-las a seu favor!

Grelina

Também conhecida como hormona da fome, a grelina é responsável por estimular o apetite, através de impulsos químicos enviados ao cérebro.

Para atenuar os efeitos desta hormona, aposte em alimentos gordos e ricos em proteína, dado que estes diminuem a produção da mesma, trazendo consigo uma maior saciedade. 

Procure também controlar os níveis de ansiedade, visto que têm influência na produção de grelina, e evitar ficar muitas horas sem comer.

Tiroxina

Esta hormona é conhecida por estimular o metabolismo, podendo interferir na regulação de funções como a temperatura corporal, o trânsito intestinal, a performance muscular, o humor, frequência cardíaca e pressão arterial.

A tiroxina é produzida na tiroide, sendo que o excesso (hipertiroidismo) ou falta (hipotiroidismo) desta hormona podem ditar o peso de uma pessoa

Para equilibrar os níveis de tiroxina do corpo, aposte em alimentos ricos em iodo, como algas, ou em suplementos deste elemento. Afaste-se também do tabaco e procure regular os níveis de ansiedade e stress.

Insulina

A última desta lista das principais hormonas que regulam o peso, a insulina é responsável por regular os níveis da principal fonte de energia do organismo (açúcar no sangue ou glicose), sendo produzida no pâncreas.

O consumo excessivo de hidratos de carbono cria uma produção demasiado alta de glicose, levando a uma produção excessiva desta hormona. Isto pode levar a um aumento de peso, bem como a um desenvolvimento de uma resistência à insulina por parte do nosso corpo, o que “traz” condições como diabetes tipo 2.

De modo a manter a insulina sob controlo, equilibre as quantidades de hidratos de carbono na sua dieta e invista numa rotina com exercício físico, o que diminuirá a resistência do organismo a esta hormona. 

Related posts
SaúdeSaúde & Bem Estar

Ácido úrico elevado: o que é, sintomas e causas

SaúdeSaúde & Bem Estar

Blefarite: como tratar a inflamação das pálpebras

SaúdeSaúde & Bem Estar

Rosácea: mais do que vermelhidão

NutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Leite de vaca: 10 benefícios para a saúde