Quantcast
Cultura & ViagensTecnologia

Futuro: a tecnologia nos meios de pagamento

Futuro a tecnologia nos meios de pagamento

A pandemia e os avanços tecnológicos têm vindo a fomentar o crescimento e desenvolvimento da tecnologia nos meios de pagamento em diversas áreas.

Apesar de ainda haver quem goste e sinta uma afeição em ter dinheiro físico, bem como fazer transacções com este tipo de moeda, é verdade também que cada vez mais há um crescente uso de moeda digital e de transações realizadas através de meio digitais e automáticos.

A pandemia foi um dos fatores que contribuíram para o aumento quase exponencial do uso de diversos outros meios digitais de pagamento: cartões virtuais, homebanking, Paypal, MB way, contactless, NFC, criptomoedas entre muitos outros.

Entre estes meios de pagamento o que ainda prevalece é sem dúvida o cartão bancário, sendo que as novas estrelas como MBway e contactless são cada vez mais populares entre particulares, comerciantes e predominante nas camadas mais jovens. 

Segundo o Banco de Portugal, em 2022, o uso da tecnologia nos meios de pagamento através de contactless subiu mais de 58,6% em quantidade e 65,7% em valor, comparativamente com 2021.

Mais de 60% das compras pagas no retalho, com esta tecnologia, seguido de 22% em restauração. Registou-se também um aumento de compras com cartão na ordem dos 24%.

Apesar de ser cada vez mais popular o uso de tecnologia de meios de pagamento, o numerário ainda prevalece e aceite em cerca 95% dos locais de pagamento.

Assim como todos os avanços tecnológicos, existem desafios que são importantes ultrapassar no uso destes novos meios de pagamento e que o grupo Mastercard tem estado a desenvolver:

1 – Checkout Online: está em desenvolvimento uma solução simples, segura e sem necessidade de introdução manual de dados ou password. Esta solução passa por um uso avançado de tecnologia para pagamentos online, desenvolvida com base nos padrões de indústria e métodos de segurança inteligente da Mastercard;

2 – Online Banking: o atendimento através de plataformas online e experiência digital já é cada vez mais utilizado. O próximo passo será através de soluções de open banking. A Mastercard tem uma solução chamada Aiia onde as empresas têm a possibilidade de criar fácil e rapidamente, experiências de pagamento personalizadas, permitindo assim uma maior inovação no setor financeiro;

3 – Segurança: não falamos só de cibersegurança, mas também da necessidade de combinar a simplicidade sem arriscar a segurança dos pagamentos. Tanto a RiskRecon como o Cyber Quant, são soluções apresentadas pela Mastercard, que permitem às empresas reduzir a sua exposição ao risco, através de uma avaliação de recursos internos, mitigando assim o risco de cibersegurança em terceiros. Este processo é feito através de soluções de biometria (programa Biometric Checkout).

Ainda no ponto da segurança, é importante ter a noção de que a crescente evolução na tecnologia de meios de pagamento é acompanhada também por uma crescente sofisticação tecnológica de sistemas de fraude. Estas fraudes têm vindo a ser alertadas e comunicadas também em meios informativos, o que leva à criação de um medo no uso de novas tecnologias de meios de pagamentos e pode criar resistência e atrasos no uso dos mesmos.

No entanto, e segundo o Banco de Portugal, a fraude na utilização de tecnologia de meios de pagamento mantém-se muito reduzida. Em 2022, registou-se 55 incidentes graves que afetaram 1,9 milhões de utilizadores e levaram à não execução de 3,7 milhões de transações.

Entre as fraudes mais comuns estão o Phishing, um sistema onde os infratores conseguem apropriar-se das credenciais de segurança do utilizador ou dos seus elementos de autenticação forte.

De realçar que todos os dias são feitos mais avanços tecnológicos para combater as fraudes e as suas inovações. O crescente número de fraudes, não devem influenciar negativamente na utilização de tecnologia nos meios de pagamento, pelo contrário.

Poderá ser uma oportunidade para que possas aprender mais e aumentar a tua literacia digital e adoptar métodos e formas mais seguras que te permitam continuar a usar estes novos meios de pagamento.

Related posts
Cultura & ViagensViagens

Aldeias e vilas de Portugal para visitar neste verão

Cultura & ViagensViagens

Férias românticas em Portugal: 10 destinos memoráveis

CinemaCultura & ViagensFilmes

Festa do cinema: Bilhetes com preço reduzido entre 13 e 15 de maio

CulturaCultura & ViagensLisboa

Teatro em Lisboa: o que ver em abril?