Quantcast
FinançasFinanças PessoaisNacional

Transferência bancária: como cancelar?

Transferência bancária

Ninguém está livre de se enganar no destinatário de uma transferência bancária e por essa razão, as instituições bancárias e apps de pagamento como o MBWay possibilitam-lhe cancelar a operação. Como? É que lhe vamos dar a conhecer nas linhas seguintes. Venha daí!

Fez uma transferência bancária no multibanco para um amigo ou enviou o pagamento de uma compra online para o IBAN errado e está a deitar contas ao dinheiro que pensa ter perdido? Não é caso para tanto, a solução é simples: cancele a transferência.

Como cancelar uma transferência bancária?

A facilidade em cancelar uma transferência bancária irá depender, sobretudo, do tempo que demorou a aperceber-se do erro e do momento em que o dinheiro fica disponível na conta do destinatário, bem como da forma como fez a dita transferência. 

Por exemplo, nas chamadas transferências imediatas, o tempo que medeia entre a ordem de transferência e o dinheiro cair na conta do destinatário é de 10 segundos, enquanto nas transferências normais via multibanco ou Internet o prazo será mais dilatado e terá ainda possibilidade de se aperceber de um potencial erro antes de ele acontecer, uma vez que antes de concluir a operação de transferência por estas duas vias terá de confirmar o nome do destinatário.

Além disto, o tempo que medeia entre a ordem de transferência e a chegada ao seu destinatário poderá ser alargado se a conta de destino não for do mesmo banco, dado que, nestes casos, o montante deve estar disponível até ao final do dia útil seguinte ao da receção da ordem de transferência, ou se a transferência se efetuar entre bancos da União Europeia (seja ou não o euro a moeda oficial do país de origem do banco).

Com estes prazos em mente, é altura de explicar como poderá cancelar uma transferência bancária.

  • Cancelar uma transferência numa situação em que o dinheiro ainda não tenha saído da conta

Quando a ordem de transferência é dada, mas o dinheiro ainda não chegou ao seu destinatário, deve contactar de imediato o seu banco para que a operação seja cancelada. 

No entanto, saiba que este cancelamento pode ser alvo de cobrança de comissões e os valores envolvidos sobem caso a ordem de transferência já tenha sido recebida pelo seu banco.

  • Cancelar uma transferência numa situação em que o dinheiro já esteja na conta do destinatário

Tudo fica mais complicado quando o dinheiro já chegou à conta do destinatário, uma vez que já não se tratará de um cancelamento, mas sim de uma tentativa de devolução.

Para fazê-lo terá de contactar o seu banco e pedir-lhe que faça um pedido ao banco do destinatário. O banco do destinatário terá, então, de confirmar ou rejeitar a devolução do dinheiro junto do seu cliente. Caso este dê o seu aval, o dinheiro ser-lhe-á devolvido, caso contrário, terá de resolver a disputa em tribunal.

  • Cancelar uma transferência por MBWay

Caso faça uma transferência por MBWay para um destinatário que não tenha esta aplicação e queira cancelá-la, terá de antecipar-se às 48 horas que o MBWay dá ao destinatário para aderir à aplicação e aceitar transferência.

Se o destinatário não o faça neste espaço de tempo, a transferência será cancelada. Da mesma forma, se se aperceber do erro antes do destinatário aderir ao MBWay e aceitar a transferência poderá cancelá-la.

Já numa situação em que o destinatário já é cliente e este tenha aceitado a transferência, será impossível anular a transferência através desta aplicação, passando o processo de cancelamento a ter de ser realizado junto do seu banco. Se o destinatário não aceitar a transferência, a mesma será cancelada no prazo de duas horas.

Por último, se o dinheiro sair da sua conta bancária por transferência via MBWay através de uma burla, o cancelamento passa por contactar o seu banco e comunicar o sucedido às autoridades policiais.

Subscreva para receber o mais recente conteúdo sobre finanças e campanhas especiais.

Related posts
FinançasSubsídios

Subsídio para assistência a neto: como pedir?

FinançasFinanças Pessoais

Penhora de vencimentos: o que é e quais os limites?

FinançasFinanças Pessoais

Comparar preços: 10 ferramentas úteis para poupar

FinançasFinanças Pessoais

IRS 2024: Prazos, descontos e dicas