Quantcast
Casa & DecoraçãoLifestyle

Isolamento térmico: importância e benefícios

Isolamento térmico: importância e benefícios

Uma casa isolada termicamente é mais confortável para viver e permite poupar nas contas de energia. Neste artigo, explicamos-te porque é tão importante ter isolamento térmico em casa e quais os melhores materiais para fazê-lo.

Ter um bom aquecedor ou um bom ar condicionado em casa não servirá de muito se o isolamento térmico não for o melhor — estarás a gastar muita eletricidade sem resultados satisfatórios.

O pior é que esta situação é muito frequente no nosso país. É que o isolamento térmico tem sido, ao longo dos anos, um aspeto negligenciado na conceção de edifícios em Portugal. Atualmente, é um componente essencial para o conforto térmico interior, a eficiência energética e a durabilidade da envolvente do edifício.

Na prática, não só aumenta o conforto dos ocupantes, como também reduz a pressão sobre os sistemas de aquecimento, conduzindo a poupanças de energia significativas. Além disso, o isolamento térmico contribui para a sustentabilidade ambiental — ao diminuir a procura de energia, reduz a pegada de carbono dos edifícios. 

Isto faz com que o isolamento não seja apenas uma escolha prática para os proprietários de casas e empresas, mas também uma escolha responsável para o planeta.

O que é o isolamento térmico?

O conceito de isolamento térmico tem origem na capacidade que certos materiais têm de isolar, ou seja, de reduzir ou impedir a troca de calor. Isto deve-se ao facto de determinadas substâncias terem um baixo coeficiente de condutividade térmica.

Neste sentido, o isolamento térmico consiste justamente em empregar esses materiais que contenham essa capacidade de resistência térmica, diminuindo a troca de calor entre o ambiente interno e o ambiente externo.

Assim, no inverno, impede a fuga de calor para o interior e, no verão, mantém o calor no exterior, estabilizando assim a temperatura interior.

Quais são os princípios básicos do isolamento térmico? 

Os princípios básicos do isolamento térmico centram-se no controlo do fluxo de calor para melhorar a eficiência energética e o conforto térmico nos edifícios. O isolamento funciona através dos três modos de transferência de calor: condução, convecção e radiação.

  • Condução: Esta é a transferência de calor através dos materiais. Os materiais de isolamento são escolhidos pela sua baixa condutividade térmica, o que significa que resistem ao fluxo de calor, mantendo o ar quente no interior durante o inverno e no exterior durante o verão. 
  • Convecção: Trata-se da transferência de calor através do movimento do ar. Um isolamento eficaz reduz o movimento do ar dentro da sua estrutura, minimizando a perda ou ganho de calor por convecção. 
  • Radiação: O calor irradia de todos os objetos. Os materiais de isolamento refletores, como os isolamentos com revestimento de folha metálica, são utilizados para refletir o calor radiante, reduzindo a transferência de calor.

Benefícios do isolamento térmico

Um isolamento térmico eficiente limita as perdas e trocas de calor do interior com o exterior da casa, permitindo poupar energia e beneficiar o conforto térmico, todo o ano.

Queres saber por quê? Nós listamos todos os benefícios do isolamento térmico:

Mantém temperaturas confortáveis

Optar por isolar a sua casa é o primeiro passo que deves dar para criar uma casa confortável e tranquila onde possas relaxar.

O isolamento das paredes pode reduzir as perdas de calor no inverno e os ganhos de calor no verão em até 25%. Deste modo, a instalação de isolamento térmico cria temperaturas interiores estáveis.

Reduz o consumo de energia

Como já referimos, a instalação de isolamento térmico na sua casa pode reduzir significativamente os ganhos de calor no verão e as perdas de calor no inverno, o que, por sua vez, reduz a necessidade de utilizar as unidades de aquecimento e refrigeração com a mesma frequência que anteriormente.

Ao fazê-lo, podes reduzir os teus custos de aquecimento e refrigeração até 50%. Mesmo que a despesa inicial da instalação possa não ser barata, o isolamento térmico pode pagar-se a si próprio em poucos anos.

Evita a humidade e a condensação

A instalação de isolamento térmico exterior aquece as superfícies internas da parede e mantém as temperaturas estáveis.

Isto manterá a superfície acima do ponto de orvalho, o que evitará a ocorrência de condensação. Assim, mantêm as paredes e os tetos secos e evitam a deterioração das paredes.

Reduz o ruído

Alguns materiais de isolamento térmico são muito densos, o que lhe confere vantagens acústicas e qualidades de insonorização. Ao instalar isolamentos térmicos de alta densidade, estes absorvem e desviam o ruído dentro da tua casa e de fontes de ruído externas. 

Assim, não só mantém estáveis as temperaturas interiores, como cria zonas sossegadas no interior da habitação.

Aumenta o valor da tua casa 

Ter uma casa com eficiência energética pode ser um ótimo argumento de venda para a tua casa. É uma tendência crescente no mercado imobiliário, com os compradores a procurarem casas energeticamente eficientes, com características como isolamento térmico, painéis solares, janelas com vidros duplos e sistemas de água quente energeticamente eficientes. 

Protege o edifício contra incêndios

Vários materiais de isolamento, como a lã de rocha e o PIR, são também bastante resistentes ao fogo. Ou seja, em caso de incêndio, o isolamento incombustível impede o desenvolvimento do fogo, retardando a propagação das chamas. 

Além disso, o isolamento térmico em lã de rocha não produz fumo tóxico perigoso, o que é significativo, uma vez que são mais as pessoas que sofrem danos por inalação de fumo do que as próprias chamas. 

Tipos de isolamento térmico 

A lista de materiais de construção que podem ser utilizados para fazer o isolamento térmico é bastante longa. Estes materiais são muito eficazes na proteção contra o frio, menos suscetíveis à humidade, mais fáceis de instalar e mais seguros. 

De entre os vários tipos de isolamento térmico, os mais populares são:

  • Lã Mineral: um produto feito de rocha basálticas derretidas (lã de rocha) ou areia de quartzo e casco (lã de vidro). É eficaz — é resistente a cargas, incombustível e serve tanto como isolante térmico como acústico — e fácil de instalar.
  • Poliestireno Expandido (EPS): Também conhecido como esferovite, é um produto leve e versátil — permite fabricar diferentes espessuras e densidades — utilizado em paredes, lajes e telhados. Além disso, quando combinado com o barramento armado, é bastante resistente e possui uma grande capacidade de isolamento térmico.
  • Poliestireno Extrudido (XPS): Semelhante ao EPS, é o material ideal para as áreas húmidas — destaca-se pela impermeabilidade e por impedir o aparecimento de bolores e outras bactérias.
  • Poliisocianurato (PIR): é um material isolante de um tom amarelo, que apesar de ser caro, apresenta várias vantagens: leve — devido ao baixo índice de condutibilidade térmica, necessita de placas de menor espessura para obter o mesmo resultado; impermeável; e resistente ao fogo.
  • Aglomerado de Cortiça Expandido: é um isolante térmico, acústico e antivibrático amigo do ambiente — 100% natural, 100% reciclável, carbono negativo (não é emitido durante o seu fabrico) — e duradouro.
Related posts
Casa & DecoraçãoLifestyle

Soluções para poupar energia em casa

Casa & DecoraçãoLifestyle

Dicas para renovar a casa de banho

Casa & DecoraçãoLifestyle

Obras em casa: tudo o que precisas de saber

Casa & Decoração

Substituição de telhados: tudo o que precisa de saber