Quantcast
Lifestyle

Empresa luta por moda mais sustentável

empresa

A Biofabics é uma empresa que desenvolve produtos alternativos à lã ou pelo, através da produção de folículos capilares em laboratório.

De modo a que o consumidor seja capaz de utilizar um casaco de pelo ou vison sem ter de matar um animal, a Biofabics, empresa spin-off da Universidade do Porto graduada da UPTEC (Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto), produz folículos capilares em laboratório que substituem materiais como lã ou até mesmo cabelo.

Esta novidade garantiu um financiamento de 4 milhões de euros provenientes da Comissão Europeia, 600.000 dos quais serão exclusivamente usados pela Biofabics.

Em comunicado, o CEO da empresa, Pedro Costa, explica que o “montante será aplicado no desenvolvimento da nossa tecnologia, que permite ‘biofabricar’ e cultivar, de um modo automatizado, células com folículos capilares”.

“Pretendemos, assim, eliminar o sacrifício de animais e tornar a indústria da moda mais eficiente e animal-free”, acrescentou.

O processo de produção destes folículos capilares dá-se a partir de culturas de biópsias de animais, o que leva à produção de “uma grande quantidade de células de pele que, por sua vez, originam pelo, como acontece naturalmente”.

De acordo com Pedro Costa, a Biofabics planeia ainda a “criação de modelos in vitro de osso, cartilagem, pulmão, pele e coração humano, até à criação de modelos in vitro de intestino para estudar e otimizar a alimentação de peixe em aquacultura”.

Veja também o visual de Kate Middleton inspirado em Diana e Isabel II!

Related posts
Casa & DecoraçãoLifestyle

Dicas para renovar a casa de banho

Casa & DecoraçãoLifestyle

Obras em casa: tudo o que precisas de saber

Casa & DecoraçãoLifestyle

Isolamento térmico: importância e benefícios

Casa & DecoraçãoLifestyle

Arejar a casa no inverno: 5 razões importantes