Quantcast
SaúdeSaúde & Bem Estar

Como usar corretamente a mochila?

Mochila

A maioria das crianças anda com a mochila durante todo o dia, durante a maior parte do ano. Isso significa que é importante prestar atenção à forma como as usam. Não se preocupe, neste artigo vamos mostrar-lhe tudo o que precisa de saber sobre a forma correta de usar as mochilas.

Prestar atenção à forma como usa a mochila pode ajudá-lo a evitar dores nas costas, no pescoço e nos ombros. É fácil agarrar na mochila quando se sai pela porta, ou mesmo simplesmente colocá-la num ombro. 

Contudo, carregar uma mochila apenas sobre um ombro faz com que os músculos compensem a carga desigual. Como resultado, a coluna vertebral inclina-se para um dos lados, sobrecarregando as costas e as costelas de forma desigual. Estes problemas podem ser temporários ou levar a problemas a longo prazo, incluindo:

  • Distorção das curvas naturais na zona média e baixa das costas; 
  • Arredondamento dos ombros; 
  • Inclinação para a frente, o que interfere com o equilíbrio e torna as quedas mais prováveis.

Cuidados a ter com a mochila do teu filho

As dicas que se seguem garantirão a correta utilização da mochila. Ainda assim, pode ser necessário praticá-las com os teus filhos durante algumas semanas para as tornar um hábito:

Certifica-te que a mochila ajusta-se corretamente

Em primeiro lugar, certifica-te de que os teus filhos usam ambas as alças, ao contrário de apoiar em apenas uma e ajusta-as as para que fiquem confortáveis e a mochila assente bem nas costas.

A mochila deve estar suficientemente apertada para não balançar para a frente e para trás enquanto caminham. Além disso, se houver uma correia para o peito ou para a cintura, os teus filhos devem utilizá-la, pois ajuda a distribuir o peso de forma uniforme e segura.

Evita utilizar apenas uma alça

Como já referimos antes, apesar de a colocação das mochilas num só ombro ser um método confortável e elegante de transportar a mochila, também acarreta vários problemas de postura. 

Assim, os teus filhos colocam todo o peso num só ombro, o que torna impossível andar com uma boa postura. Mesmo que os teus filhos alternem entre os ombros, continuam a andar desequilibrados, colocando uma tensão desnecessária nos seus músculos e ossos.

Evita usar a mochila baixa nas costas

Quando as crianças usam as mochilas demasiado baixas nas costas, aumentam a pressão sobre os ombros, o que pode provocar dores na zona lombar. 

Caso utilizes as alças soltas, para acomodar casacos e outras roupas mais grossas no inverno, tem o cuidado de ajustar a mochila para se adaptar quando usas roupas mais finas.

Distribui uniformemente o peso

O peso da mochila do teu filho não deve ser superior a 10 a 15% do seu peso corporal. Podes pesá-la numa balança para te certificares de que não excede esta recomendação.

Informa-te se pode substituir alguns manuais escolares, por um portátil ou tablet e ajuda o teu filho a planear o leva para a escola. Se não há maneira de aliviar este peso, talvez seja mais recomendável o uso de uma mochila com rodas.

Experimenta a mochila com os teus filhos

Uma boa mochila deve durar muito tempo, pelo que vale a pena certificar-se de que é confortável e não causará problemas nas costas, pescoço ou ombros ao longo do tempo.

Neste sentido, antes do início do ano letivo, pede aos teus filhos que usem as mochilas em casa ou em pequenos passeios, de modo a ajustar previamente as mochilas ao corpo do teu filho. 

Coloca os objetos mais macios contra as costas e os objetos mais duros longe do corpo, para que eles aprendam os melhores métodos para carregar a mochila sozinhos.  

Caso queiras encontrar mais opções para cuidar da postura e, principalmente das costas de toda a família, veja aqui os melhores gadgets ergonómicos.

Related posts
Saúde & Bem EstarSaúde Mental

Comportamentos que impactam a saúde cognitiva

SaúdeSaúde & Bem Estar

Baixas médicas: o que muda em 2024?

FitnessNutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Sal: benefícios, cuidados a ter e alternativas

SaúdeSaúde & Bem Estar

Amigdalite e adenoidite: quais as diferenças?