Quantcast
SaúdeSaúde & Bem Estar

Tomar banho: de manhã ou ao final do dia?

Tomar banho

Por norma, tomar banho de manhã ou ao final do dia depende do gosto de cada um. À parte da importância da higiene pessoal, há quem prefira um banho logo de manhã, para ajudar a acordar e começar o dia com mais energia, por exemplo. Mas também há quem prefira fazê-lo à noite, depois de um dia de trabalho, para descomprimir e relaxar.
Depois ainda temos quem o faça nos dois momentos. Qual deles és tu?

No entanto, especialistas de dermatologia explicam porque é que devemos deixar o banho para o final do dia:

#1. Sabias que durante o dia a cabeça e os cabelos retêm uma quantidade absurda de germes? Se não tomares um duche ao final do dia, essas bactérias vão espalhar-se na tua almofada e consequentemente na pele do rosto enquanto dormes.

#2. Ao deitares-te nos lençóis e na almofada com toda a oleosidade e suor proveniente do dia de trabalho pode causar acne, inclusive no corpo. Nada como um banho antes de ires dormir para eliminar essas impurezas! 

#3. Um dos melhores remédios para aliviar as tensões do dia de trabalho e a ansiedade, é mesmo um belo banho antes de ir para a cama.

#4. um duche noturno é considerado o melhor para a limpeza e para promover uma boa noite de sono. Se tens alguma dificuldade em adormecer, experimenta tomar um banho antes de te deitares. 

#5. Se sofres de alergias, o banho ao final do dia também vai ajudar-te a eliminar os resíduos que ficam na roupa e na pele, que podem piorar os sintomas existentes e prejudicar o sono.

Ainda tens dúvidas? A ciência diz que tomar banho ao final do dia é mais benéfico para todos. Se estás um bocadinho reticente, experimenta fazer esta transição durante uma semana e vê os resultados! 

Related posts
NutriçãoSaúdeSaúde & Bem Estar

Leite de vaca: 10 benefícios para a saúde

SaúdeSaúde & Bem Estar

Glaucoma: como tratar a doença que pode levar à cegueira

SaúdeSaúde & Bem Estar

Hepatite A: tudo o que precisas de saber

SaúdeSaúde & Bem Estar

Falta de Vitamina D: quais as consequências?