Quantcast
Cultura & ViagensFestivaisMúsica

MEO Kalorama começa já esta semana

meo kalorama

O Parque da Bela Vista, em Lisboa, prepara-se para receber a primeira edição do Meo Kalorama, “o último grande festival de verão europeu”.

Na passada quinta-feira, dia 30, a organização levou a imprensa, de acordo com a agência Lusa, por um “passeio no parque”.

O recinto do evento, que abre as suas portas pelas 15h00, estará preparado para receber o público e, dado que o Parque da Bela Vista é um parque público, todos os espetáculos terminarão às 2h00.

Segundo Andreia Criner, porta-voz da organização, pretende-se “fazer o festival em harmonia com os moradores, a comunidade local”.

Para a organização do evento, o objetivo do MEO Kalorama é “recuperar a génese dos festivais de verão”, oferecendo ao público a “possibilidade de ver, com um preço relativamente acessível, um conjunto de artistas que individualmente teriam sempre um custo muito mais elevado”.

O evento, que tem como “três eixos fundamentais” Música, Sustentabilidade e Arte, arranca na quinta-feira e tem, segundo Andreia Criner, entre “James Blake e Chemical Brothers, temos Moderat, Kraftwerk, Bomba Estéreo, 2ManyDjs num B2B com Tiga. Um cartaz de peso para quem gosta de música eletrónica”.

A porta-voz da organização afirmou, ainda, citada pela Lusa, que, sexta-feira, segundo do dia do festival, o MEO Kalorama recebe “um contingente importante no feminino, com Roisin Murphy e Jessie Ware, e os Arctic Monkeys, o nome mais desejado, como se pode aferir pela venda de bilhetes, com este dia prestes a esgotar”.

Por sua vez, no último dia, a organização pretende “fechar com mega pista de dança ao ar livre com os Disclosure”, lembrando também a presença de Nick Cave & The Bad Seeds, que encerram a sua tour europeia.

Andreia Criner refere-se ao MEO Kalorama como “um festival que inaugura uma nova era”.

“Temos uma equipa colaborativa ibérica, uma promotora espanhola e uma promotora portuguesa que trabalham em colaboração desde a curadoria do cartaz até ao reaproveitamento de estruturas e materiais. E, em todas as equipas, as pessoas que trabalham e estão a fazer acontecer são alguns dos maiores profissionais que existem em Portugal”, referiu.

Pode dar uma vista de olhos no programa inteiro do festival, que conta ainda com a exposição de mais de 40 obras de arte, bem como na missão e compromisso do evento para com a sustentabilidade, aqui!

Subscreva para receber o mais recente conteúdo sobre cultura, entretenimento e campanhas especiais.

Escrito por João Serra

Related posts
Cultura & ViagensViagens

Férias românticas em Portugal: 10 destinos memoráveis

CinemaCultura & ViagensFilmes

Festa do cinema: Bilhetes com preço reduzido entre 13 e 15 de maio

CulturaCultura & ViagensLisboa

Teatro em Lisboa: o que ver em abril?

Cultura & ViagensViagens

Finlândia oferece viagens para descobrir como é viver no país mais feliz do mundo